Clique e assine GE Play por R$16,90

Como o 11 de setembro já apareceu no Enem ao longo dos anos

Resolver questões de provas anteriores sobre o tema é uma ótima maneira de estudar

Por Juliana Morales - Atualizado em 12 set 2020, 13h32 - Publicado em 11 set 2020, 18h10

O ataque de 11 de setembro marcou o ano de 2001 e tem desdobramentos na política internacional até hoje. Por causa disso, ao longo desses anos, o Enem já fez várias vezes perguntas sobre o atentado e a Guerra do Terror. É bom ficar sempre de olho no tema! 

Para ajudar a entender melhor como o assunto pode aparecer, confira questões de provas anteriores e suas respectivas respostas. Lembrando que resolvê-las e ler comentários sobre a alternativa correta é uma ótima maneira de estudar. 

Enem 2002

1 – “(…) o recurso ao terror por parte de quem já detém o poder dentro do Estado não pode ser arrolado entre as formas de terrorismo político, porque este se qualifica, ao contrário, como o instrumento ao qual recorrem determinados grupos para derrubar um governo acusado de manter-se por meio do terror”.
2 – Em outros casos “os terroristas combatem contra um Estado de que não fazem parte e não contra um governo (o que faz com que sua ação seja conotada como uma forma de guerra), mesmo quando por sua vez não representam um outro Estado. Sua ação aparece então como irregular; no sentido de que não podem organizar um exército e não conhecem limites territoriais, já que não provêm de um Estado”. Dicionário de Política(org.) BOBBIO, N., MATTEUCCI, N. e PASQUINO, G., Brasília: Edunb,1986.

De acordo com as duas afirmações, é possível comparar e distinguir os seguintes eventos históricos:

I. Os movimentos guerrilheiros e de libertação nacional realizados em alguns países da África e do sudeste asiático entre as décadas de 1950 e 70 são exemplos do primeiro caso.
II. Os ataques ocorridos na década de 1990, como às embaixadas de Israel, em Buenos Aires, dos EUA, no Quênia e Tanzânia, e ao World Trade Center em 2001, são exemplos do segundo caso.
III. Os movimentos de libertação nacional dos anos 50 a 70 na África e sudeste asiático, e o terrorismo dos anos 90 e 2001 foram ações contra um inimigo invasor e opressor, e são exemplos do primeiro caso.

É correto o que se afirma apenas em

A) I.
B) II
C) l e ll.
D) I e III.
E) Il e III.

Resposta: C

Resolução do Curso Objetivo: “A afirmação II se encaixa perfeitamente no segundo conceito transcrito no enunciado da questão. De fato, os três eventos mencionados são comumente atribuídos à organização terrorista Al-Qaeda – embora no caso da embaixada israelense em Buenos Aires existam outras possibilidades igualmente plausíveis. O terrorismo praticado nesses casos enquadra-se na definição de ação praticada contra um Estado (ou Estados) dos quais os terroristas não fazem parte, sendo que os próprios terroristas não representam um Estado. Quanto aos movimentos guerrilheiros afro-asiáticos entre os anos 50 e 70, embora tenham tido um aspecto predominantemente militar, recorreram eventualmente a práticas terroristas – o que nos permite enquadrá-los no primeiro conceito”.

Enem 2003

No dia 7 de outubro de 2001, Estados Unidos e Grã-Bretanha declararam guerra ao regime Talibã, no Afeganistão. Leia trechos das declarações do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, e de Osama Bin Laden, líder muçulmano, nessa ocasião:

George Bush: Um comandante-chefe envia os filhos e filhas dos Estados Unidos à batalha em território estrangeiro somente depois de tomar o maior cuidado e depois de rezar muito. Pedimos-lhes que estejam preparados para o sacrifício das próprias vidas. A partir de 11 de setembro, uma geração inteira de jovens americanos teve uma nova percepção do valor da liberdade, do seu preço, do seu dever e do seu sacrifício. Que Deus continue a abençoar os Estados Unidos.

Osama Bin Laden: Deus abençoou um grupo de vanguarda de muçulmanos, a linha de frente do Islã, para destruir os Estados Unidos. Um milhão de crianças foram mortas no Iraque, e para eles isso não é uma questão clara. Mas quando pouco mais de dez foram mortos em Nairóbi e Dar-es-Salaam, o Afeganistão e o Iraque foram bombardeados e a hipocrisia ficou atrás da cabeça dos infiéis internacionais. Digo a eles que esses acontecimentos dividiram o mundo em dois campos, o campo dos fiéis e o campo dos infiéis. Que Deus nos proteja deles. (Adaptados de O Estado de S. Paulo, 8/10/2001)

Pode-se afirmar que

A) a justificativa das ações militares encontra sentido apenas nos argumentos de George W. Bush.

B) a justificativa das ações militares encontra sentido apenas nos argumentos de Osama Bin Laden.

C) ambos apóiam-se num discurso de fundo religioso para justificar o sacrifício e reivindicar a justiça.

D) ambos tentam associar a noção de justiça a valores de ordem política, dissociando-a de princípios religiosos.

E) ambos tentam separar a noção de justiça das justificativas de ordem religiosa, fundamentando-a numa estratégia militar.

Resposta: C

Resolução do Curso Objetivo: “Tanto George Bush como Osama Bin Laden fazem alusão a religiões em seus discursos para reivindicar justiça”.

Mais uma:

O texto abaixo é um trecho do discurso do primeiro ministro britânico, Tony Blair, pronunciado quando da declaração de guerra ao regime Talibã:

Essa atrocidade [o atentado de 11 de setembro, em Nova York] foi um ataque contra todos nós, contra pessoas de todas e nenhuma religião. Sabemos que a AlQaeda ameaça a Europa, incluindo a Grã-Bretanha, e qualquer nação que não compartilhe de seu fanatismo. Foi um ataque à vida e aos meios de vida. As empresas aéreas, o turismo e outras indústrias foram afetadas e a confiança econômica sofreu, afetando empregos e negócios britânicos. Nossa prosperidade e 55 ENEM – Agosto/2003 OBJETIVO padrão de vida requerem uma resposta aos ataques terroristas. (O Estado de S. Paulo, 8/10/2001)

Nesta declaração, destacaram-se principalmente os interesses de ordem

A) moral.

B) militar.

C) jurídica.

D) religiosa.

E) econômica.

Continua após a publicidade

Resposta: E

Resolução do Curso Objetivo: “No discurso de Tony Blair, estão claros os interesses de ordem econômica, como empresas aéreas, turismo, indústrias, negócios etc”.

Enem 2008

Na América do SuI, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) lutam, há décadas, para impor um regime de inspiração marxista no país. Hoje, são acusadas de envolvimento com o narcotráfico, o qual supostamente financia suas ações, que incluem ataques diversos, assassinatos e seqüestros. Na Ásia, a AI Qaeda, criada por Osama bin Laden, defende o fundamentalismo islâmico e vê nos Estados Unidos da América (EUA) e em Israel inimigos poderosos, os quais deve combater sem trégua. A mais conhecida de suas ações terroristas ocorreu em 2001, quando foram atingidos o Pentágono e as torres do World Trade Center.

A partir das informações acima, conclui-se que 

A) as ações guerrilheiras e terroristas no mundo contemporâneo usam métodos idênticos para alcançar os mesmos propósitos. 

B) o apoio internacional recebido pelas Farc decorre do desconhecimento, pela maioria das nações, das práticas violentas dessa organização. 

C) os EUA, mesmo sendo a maior potência do planeta, foram surpreendidos com ataques terroristas que atingiram alvos de grande importância simbólica. 

D) as organizações mencionadas identificam-se quanta aos princípios religiosos que defendem. 

E) tanto as Farc quanto a AI Qaeda restringem sua atuação à área geográfica em que se localizam, respectivamente, América do Sul e Ásia.

Resposta: C

Resolução do Curso Objetivo: “A alternativa correta neste teste menciona apenas o atentado de 11 de setembro de 2001 praticado pela Al-Qaeda, mas simplesmente omite as FARC, que mereceram igual destaque no enunciado”.

Enem 2013 – 2ª aplicação

Os eventos ocorridos no dia 11 de setembro de 2001 geraram mudanças sociais nos Estados Unidos, 

A) que ampliaram o isolacionismo e autossuficiência da economia norte-americana.

B) mitigaram o patriotismo e os laços familiares em razão das mortes causadas.

C) atenuaram o xenofobismo e a tensão política entre os países do Oriente e Ocidente.

D) aumentaram o preconceito contra os indivíduos de origem árabe e religião islâmica.

E) diminuíram a popularidade e legitimidade imediata do chefe de Estado para lidar com o evento.

Resposta: D

Comentário do Descomplica: “Os eventos ocorridos no território dos EUA  no dia 11 de setembro de 2011 agravaram o preconceito com os indivíduos de origem árabe ou islâmica. Principalmente após o grupo terrorista Al Qaeda assumir a autoria dos atentados”.

Enem 2015

Quanto ao “choque de civilizações”, é bom lembrar a carta de uma menina americana de sete anos cujo pai era piloto na Guerra do Afeganistão: ela escreveu que — embora amasse muito seu pai — estava pronta a deixá-lo morrer, a sacrificá-lo por seus pais. Quando o presidente Bush citou suas palavras, elas foram entendidas como manifestação “normal” de patriotismo americano; vamos conduzir uma experiência mental simples e imaginar uma menina árabe maometana pateticamente lendo para as câmeras as mesmas palavras a respeito do pai que lutava pelo Talibã — não é necessário pensar muito sobre qual teria sido a nossa reação.

A situação imaginária proposta pelo autor explicita o desafio cultural do (a)

A) prática da diplomacia.

B) exercício da alteridade.

C) expansão da democracia.

D) universalização do progresso.

E) conquista da autodeterminação.

Resposta: B

Resolução do Curso Objetivo: A situação que se apresenta leva a confiar ao governo a situação de sacrifício a que a população se propõe enfrentar, no caso, as agruras de uma guerra, abando – nando o próprio interesse. Não se pensa, em termos simétricos, como seriam os efeitos do mesmo apelo patriótico no lado oposto do conflito.

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do curso Poliedro.

Continua após a publicidade
Publicidade