Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Cursinho gratuito da Medicina da USP está com inscrições abertas

São 270 vagas e podem concorrer alunos da rede pública, bolsistas em escolas particulares que já concluíram o ensino médio ou que vão concluir em 2022

Por Wender Starlles Atualizado em 18 jan 2022, 15h55 - Publicado em 4 jan 2022, 14h11

O processo seletivo do cursinho popular MedEnsina 2022, projeto dos alunos da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) em parceira com o Sistema de Ensino Poliedro, está com as inscrições abertas. O prazo para se candidatar a uma das 270 vagas disponíveis vai até 18 de janeiro.

De acordo com edital, podem participar do processo seletivo somente alunos da rede pública ou bolsistas em escolas particulares que tenham concluído ou vão concluir nesse ano o ensino médio regular. Isso também inclui a modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Como se inscrever

Os interessados devem se inscrever no site ou ir presencialmente no endereço do MedEnsina em São Paulo (Av. Dr. Arnaldo, 455, 1° subsolo).

Na inscrição será cobrada uma taxa de R$ 27, que contribui para que o projeto continue gratuito ao longo do ano. Porém, todo o restante do cursinho é livre de custos, inclusive o material didático e apoio psicológico durante a preparação para os exames.

O curso

O MedEnsina oferece aulas presenciais, de segunda-feira a sexta-feira, das 18h45 às 22h45, além de simulados e revisão aos fins de semana. A previsão é que as atividades comecem dia 21 de fevereiro. Caso o cenário da pandemia impeça que as aulas sejam presenciais, estuda-se a possibilidade delas serem realizadas à distância (online).

Com o objetivo de democratizar o acesso ao ensino superior, o processo seletivo do MedEnsina também conta com políticas de reserva de vagas para pessoas pretas, pardas e indígenas (42,6%), com deficiência (3,7%) e pessoas transgêneros (3,7%).

Veja as etapas do processo seletivo do MedEnsina 2022

1. Inscrição e pagamento da taxa de R$ 27 (até 18 de janeiro);

Continua após a publicidade

2. Prova de conhecimentos gerais do ensino médio, com peso de 20% na nota de classificação (22 e 23 de janeiro);

3. Avaliação Socioeconômica: o candidato precisa preencher um questionário com informações sobre a sua renda, escolaridade e patrimônio. Essa etapa tem peso de 80% na nota de classificação (24 de janeiro a 1 de fevereiro);

4. Entrevista presencial com os 400 primeiros classificados (7 a 11 de fevereiro);

5.  Banca de heteroidentificação (avaliação étnico-racial) para os candidatos que se inscreveram na reserva de vagas e se auto-declararam pretos e pardos (7 a 11 de fevereiro);

6. Os 270 primeiros classificados na entrevista serão convocados para realização da matrícula (14 e 15 de fevereiro).

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso PASSEI! do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a todas as provas do Enem para fazer online e mais de 180 videoaulas com professores do Poliedro, recordista de aprovação nas universidades mais concorridas do país.

Continua após a publicidade

Publicidade