Clique e assine GE Play por R$16,90

“Decifrando o Coronavírus”: efeitos das pandemias na geografia do planeta

Entenda os aspectos de uma pandemia na sociedade contemporânea e como estudar para as questões de Geografia nos vestibulares

Por Redação, Letícia Albuquerque - 18 Maio 2020, 10h12

Durante a pandemia, vemos todas as matérias que estudamos na escola e no cursinho unirem-se para entendermos a realidade que estamos vivendo. A partir do olhar da geografia médica compreendemos a expansão espacial do novo coronavírus e por que é importante desvendar sua trajetória. Com a ajuda do geógrafo e diretor do sistema de ensino Anglo, Paulo Moraes, relembrou na série de lives “Decifrando o Coronavírus”, do GUIA, que as pandemias fazem parte da história humana devido a hábitos comportamentais e, também, ao progresso da nossa sociedade.

O professor Moraes contou que ao avaliar a história e olhar a realidade, muitos pesquisadores e estudiosos já previam o acontecimento de uma possível pandemia ainda neste século. Entenda quais características facilitaram esse acontecimento e o que estudar para o Enem e outros exames sobre o assunto.

Aspectos geográficos de uma pandemia

Entre os fatores positivos que devem ser destacados nesse período, nunca tivemos tanta tecnologia e pesquisadores a nosso favor, o que contribui para o nosso conhecimento sobre microrganismos, como os vírus. Por outro lado, fatores como o grande número de habitantes vivendo em espaços urbanos somados a desigualdades sociais e à velocidade dos meios de transporte contribuem para a rápida expansão das doenças, causando situações como a atual.

De acordo com Moraes, a vida em uma sociedade camponesa nunca impediu, na história, o acontecimento de uma pandemia. A diferença é que, em ambientes menos aglomerados, a doença demora para alcançar um grande número da população, desacelerando o processo.

Em estudos epidemiológicos, é preciso estar atento às características de cada região. Isso porque hábitos comportamentais e dados populacionais devem influenciar na forma como a pandemia ocorre em cada país e cidade. Esteja atento a essas especificidades para responder melhor aos exames.

Continua após a publicidade

O que estudar para os exames?

Em exames como o Enem, questões relacionadas a vírus costumam discutir doenças e epidemias muito conhecidas, como febre amarela, malária ou dengue. Mas nada impede que o foco das provas seja a covid-19, devido ao seu impacto mundial. Por isso, esteja atento a questões de atualidades e não deixe de se manter informado.

Entre os assuntos mais debatidos, o achatamento da curva epidêmica e a sua relação com o sistema de saúde é o mais provável de aparecer, assim como as consequências dessa pandemia para a economia dos países. Moraes lembra: não deixe de estudar temas relacionados ao espaço geográfico, como globalização, devastações ambientais e características populacionais, trabalhados nas aulas de Geografia para dominar a questão.

Na live completa, o professor explica cada um desses tópicos e como afetam a pandemia. Assista.

 

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro.
Continua após a publicidade
Publicidade