logo-ge

Dia da Cerveja: como ela pode cair no vestibular? (sim, já aconteceu)

Estudar a cerveja pode render uma boa revisão de química!

No dia 2 de agosto comemora-se o Dia Internacional da Cerveja. Alguns estudos estimam que ela seja conhecida dos humanos há até 11 mil anos e que seria mais antiga até que o pão. A bebida se tornou tão querida que no século 18 a.C. foi parar no mais antigo conjunto de leis do mundo: O Código de Hamurabi. O código previa rigorosas leis envolvendo a cerveja, e chegava a determinar a morte para quem desobedecesse os processos de produção.

Dá para imaginar que o trabalho desses cervejeiros não deveria ser nada fácil sob tanta pressão. Ainda mais porque fazer cerveja não é nada simples até nos dias de hoje, já que envolve diversas etapas e processos químicos. Para dar uma revisada nos processos de separação químicos, te explicamos como funciona a decantação e a filtração, ambos envolvidos na produção da cerveja e assuntos importantes, que podem cair nos vestibulares.

Decantação

 (Pixabay/Reprodução)

A decantação é um processo de separação de misturas heterogêneas (formadas por duas fases) entre dois líquidos de densidades diferentes ou um líquido e um sólido. A separação acontece por conta dessa própria diferença de densidade: depois de ficar em repouso sob uma superfície plana, a própria gravidade age sobre a mistura e a substância mais densa fica no fundo do recipiente, enquanto a outra sobe. Na produção da cerveja, a decantação acontece depois da fermentação para separar os sedimentos resultantes do processo. 

Filtração

 (Pixabay/Reprodução)

A filtração acontece depois da fase de maturação da cerveja, para separar as leveduras que ficam suspensas sobre o líquido. Filtração também envolve a separação de misturas heterogêneas, sejam elas líquidas, sólidas ou gasosas. Para filtrar uma mistura é necessário um recipiente, onde o líquido será despejado, e um “filtro”, onde as partículas que se deseja separar ficarão retidas. Um outro processo em que a filtração também é amplamente utilizada é no tratamento de água.

A cerveja no Enem

(Enem/2013 – PPL) A fabricação de cerveja envolve a atuação de enzimas amilases sobre as moléculas de amido da cevada. Sob temperatura de cerca de 65 °C, ocorre a conversão do amido em maltose e glicose. O caldo obtido (mosto) é fervido para a inativação das enzimas. Após o resfriamento e a filtração, são adicionados o lúpulo e a levedura para que ocorra a fermentação. A cerveja sofre maturação de 4 a 40 dias, para ser engarrafada e pasteurizada.

PANEK, A. D. Ciência Hoje, São Paulo, v. 47, n. 279, mar. 2011 (adaptado)

Dentre as etapas descritas, a atividade biológica no processo ocorre durante o(a)

A) filtração do mosto.

B) resfriamento do mosto.

C) pasteurização da bebida.

D) fermentação da maltose e da glicose.

E) inativação enzimática no aquecimento.

 

R: D. As leveduras (fungos unicelulares) adicionadas ao processo realizarão a fermentação alcoólica, com utilização da maltose e da glicose como substrato. O produto final é o etanol (álcool etílico) e o gás carbônico