logo-ge

Escravidão no Brasil: Quem foi Zumbi dos Palmares?

Zumbi foi um dos principais personagens do movimento negro contra a escravidão no país

A pergunta do título pode parecer um pouco besta. Todo mundo sabe quem foi Zumbi dos Palmares… Ou será que não? Se perguntassem para você agora, saberia responder e dizer mais além do “foi um dos líderes do quilombo mais famoso do país”?

– Veja 10 passos decisivos até a abolição da escravidão no Brasil

Pois é, somos brasileiros, mas nem sempre conhecemos a fundo pontos importantes da nossa história. Zumbi foi um dos principais personagens do movimento negro contra a escravidão no país, abolida oficialmente em 18 de maio de 1888. Não se sabe se ele nasceu aqui no Brasil ou no continente africano. Seu nome também pode ter sido Zambi. Restam muitas dúvidas sobre a identidade dele, como pode ser lido nessa reportagem especial da Aventuras na História. No entanto, os registros mostram sua vitalidade na luta pela liberdade dos escravos.

Zumbi, na pintura de Antônio Parreiras. (imagem: Wikimedia Commons)Zumbi, na pintura de Antônio Parreiras. (imagem: Wikimedia Commons)

O Quilombo dos Palmares

O Quilombo dos Palmares foi construído na serra da Barriga, uma área que hoje faz parte do estado de Alagoas. O terreno era uma espécie de fortaleza natural: tinha barrancos que dificultavam o acesso e palmeiras fazendo uma espécie de muralha. Palmares surgiu por volta de 1580, quando escravos que fugiam de Pernambuco e da Bahia construíram uma pequena vila fortificada, onde eles podiam ser livres e estavam protegidos dos soldados que capturavam e matavam os fugitivos dos engenhos de cana-de-açúcar do litoral. No auge da ocupação, em 1670, o quilombo teria chegado a 30 mil moradores – talvez esse número seja um exagero. Mesmo depois da morte de Ganga-Zumba e de Zumbi, seus dois maiores líderes, os escravos ainda resistiram até o ano de 1710. (Aventuras na História, “Zumbi, esse desconhecido”)

Zumbi em Palmares

Os historiadores não conseguem afirmar com certeza absoluta se Zumbi veio do próprio quilombo e, portanto, era livre, ou então se era escravo e fugiu para lá, porque os documentos são escassos sobre o assunto. Teria nascido em 1655. A maioria entende que cresceu no Quilombo dos Palmares quando a vila passava por um momento de relativa calmaria. Ele seria o homem de confiança do importante chefe Ganga-Zumba e trabalhava como uma espécie de general dos exércitos de Palmares.

– Saiba mais sobre a biografia de Zumbi 

Em 1690, quando Zumbi já era líder do povoado, as investidas militares do governo português para desmontar o refúgio estavam muito mais violentas. O novo líder do quilombo não quis saber de trégua. Nesse ano, o bandeirante Domingos Jorge Velho foi enviado para atacar a região. Fracassou na primeira tentativa, mas voltou em 1692, com 9 mil homens e alguns canhões. Depois de semanas de luta, os bandeirantes invadiram a capital de Palmares. Zumbi fugiu. Ele só viveria até 1695, até ser traído e morto por um companheiro, Antônio Soares. Morreu em 20 de novembro, data escolhida para ser o Dia da Consciência Negra no Brasil.