logo-ge

Estude em 5 museus de 5 cidades diferentes

Se você acha que museu é lugar de coisa velha e sinônimo de passeio chato e sonolento, melhor rever seus conceitos. Uma ida ao museu não só pode ser divertida como pode ajudar você a passar no vestibular! Dá para estudar português, literatura, física, biologia, história e outras matérias.

Duvida? Listamos 5 museus de 5 cidades diferentes. Assim estudantes de vários lugares do Brasil podem aproveitar as dicas. E se você for desses que viajam bastante pelo país, já sabe o que visitar quando passar por essas cidades. Confira!

São Paulo, SP
Museu da Língua Portuguesa
O que é: Localizado na Estação da Luz, é um museu interativo com recursos audiovisuais que explora o dinamismo da língua portuguesa: seu nascimento, história e desenvolvimento, além da relação com cultura e sociedade brasileiras. Se você visitá-lo aos sábados, melhor ainda: a entrada é gratuita.
O que você pode estudar: Português e Literatura
– Há uma linha do tempo onde você conhece a história da língua portuguesa e como ela foi se desenvolvendo até os dias de hoje. Você também pode entender as influências de diversos idiomas na nossa língua, como o latim, o francês, as línguas africanas e os idiomas indígenas.
– As exposições temporárias do museu já abordaram grandes escritores brasileiros, como Clarice Lispector, Machado de Assis e Guimarães Rosa. Atualmente, quem visitar o museu aos finais de semana e feriados participa de um passeio monitorado pela Estação da Luz e entende o impacto que teve a ferrovia Santos-Jundiaí na economia e sociedade brasileiras no final do século 19 e começo do século 20.
Marque na agenda: De terça a domingo, das 10h às 18h. Não abre às segundas-feiras. Ingresso: Sábado é gratuito e R$ 6 nos demais dias. Estudantes pagam meia-entrada.
Endereço: Praça da Luz, s/nº, Centro. Telefone: (11) 3326-0775.

Belém, PA
Museu Paraense Emilio Goeldi
O que é: Mais antiga instituição de pesquisas da região Amazônica, fundada em 1871. No local são desenvolvidas pesquisas de botânica, zoologia, paleontologia, mineralogia, arqueologia e etnografia. O nome do museu vem do naturalista Emilio Goeldi, que fez pesquisas importantes para combater a febre amarela na região, durante a segunda metade do século 19.
O que você pode estudar: Biologia
– No Parque Zoobotânico você encontra cerca de 2 mil árvores de grande porte e 600 animais, inclusive alguns ameaçados de extinção, como a onça-pintada, o peixe-boi e arara azul. Ainda há um aquário com grandes peixes amazônicos. É ótimo para estudar a classificação das plantas e animais e entender mais sobre o ecossistema amazônico.
Marque na agenda: De terça a domingo, das 9h às 17h. Ingresso: R$2. Endereço: Avenida Magalhães Barata, 376, Nazaré. Telefone: (91) 3219-3369.

Rio de Janeiro, RJ
Museu Histórico Nacional
O que é: Museu criado em 1922, possui um acervo de 287 mil itens que resgatam a história do Brasil: documentos, moedas, selos, móveis, gravuras, esculturas, armas, entre outros objetos. O próprio prédio do museu já é histórico: fica no antigo Forte de Santiago, na Ponta do Calabouço, ponto estratégico de defesa da cidade do Rio durante a época colonial.
O que você pode estudar: História do Brasil Colonial e Império.
– Com o acervo do museu é possível passear pela história do Brasil, desde a época colonial e a chegada da família real portuguesa até a época do império, com Dom Pedro I e Dom Pedro II.
– Uma boa pedida é a exposição “Portugueses no Mundo”, que mostra o processo de colonização e seus aspectos econômico-culturais. São peças ligadas à navegação, cultura de cana-de-açúcar e café, mineração e chegada da corte portuguesa no país.
– Outra exposição é “Do Móvel ao Automóvel: transitando pela História”, com peças que mostram carruagens do império e os primeiros carros a circular no Rio.
Marque na agenda: De terça a sexta-feira, das 10h às 17h30. Sábados, domingos e feriados das 14h às 18h. Ingresso: R$ 6. Endereço: Praça Marechal Âncora, Centro. Telefone: (21) 2550-9220.


Belo Horizonte, MG
Museu de Artes e Ofícios
O que é: Museu que explora a história e as relações sociais do trabalho no Brasil. Foi construído em 2005 na antiga Estação Central da Estrada de Ferro Central do Brasil.
O que você pode estudar: História do Brasil e desenvolvimento da indústria no país.
– O museu expõe mais de 2.400 peças que envolvem o trabalho: ferramentas, móveis e utensílios. Com as exposições você pode refletir sobre a revolução industrial e seu impacto no país e o surgimento das máquinas e produção em série nas fábricas brasileiras.
– A exposição que abre agora em agosto é “Tatuagens Urbanas” e resgata a trajetória da arte de pavimentar vias públicas com pedras que formam desenhos.
Marque na agenda: De terça a sexta-feira, das 12h às 19h, sábado, domingo e feriado, das 11h às 17h. Ingresso: R$ 4. Praça Rui Barbosa s/n°, Centro. Telefone: (31) 3248-8600.

Porto Alegre, RS
Museu Tecnologia da PUC
O que é: Localizado na PUC-RS, o museu não é expositivo, sim interativo: são 700 experimentos que demonstram fenômenos físicos, químicos e biológicos. Muitos os visitantes apenas observam, mas há outros tantos onde se pode participar.
O que você pode estudar: Física, Química e Biologia.
– Na exposição “Corpo Humano: a máquina mais perfeita do mundo” um filme em 3D aborda a anatomia humana e o funcionamento do nosso organismo.
– No planetário é possível conhecer as constelações e todas as leis que regem galáxias e planetas.
– Você pode conferir também o “giroscópio humano”, que simula a ausência de gravidade, e o famoso “gerador de Van de Graff”, que através da corrente eletrostática pode deixar os seus cabelos em pé!
Marque na agenda: De terça a domingo das 9h às 17h. Ingresso: R$ 12. Turma de alunos acompanhada dos professores paga R$ 9. Endereço: Avenida Ipiranga, 6681, Partenon. Telefone: (51) 3320-3521.