Clique e assine GE Play por R$16,90

Federal de Goiás: professor sugere “treinar escrita” para a prova

Provas de humanas costumam cobrar assuntos regionais. Em exatas, fórmulas devem aparecer.

Por Redação - Atualizado em 16 Maio 2017, 13h45 - Publicado em 16 dez 2009, 15h33

por Fábio Brandt

A Universidade Federal de Goiás (UFG) realiza a segunda fase de seu vestibular nos próximos domingo e segunda-feira, 20 e 21 de dezembro. Nos dois dias, vestibulandos responderão a questões dissertativas e interdisciplinares sobre conteúdos relacionados às carreiras a que concorrem. No segundo dia, todos farão uma redação.

– Saiba onde você fará a segunda fase da UFG

DICAS
Quem deve fazer provas de humanas precisa estar afiado em atualidades e temas regionais de Goiás, observam os professores Bruno Alves e Luiz Eduardo Fleury, ambos do cursinho Expressão, de Goiânia. Alves ensina geografia e afirma que, raramente, a UFG não cobra cartografia na segunda fase. Agropecuária é outro tema frequente do vestibular, que "sempre cobra tendências econômicas de Goiás, como o uso do solo para plantar cana ou soja", acrescenta Alves.

Professor de história, Fleury aconselha os vestibulandos a prestarem atenção a datas e períodos históricos, "para não cometer anacronismos". Os alunos devem também conhecer a história do estado, diz o professor. O tema, segundo ele, "derruba muita gente na segunda fase", porque muitos candidatos, mesmo tendo crescido em Goiás, não conhecem o passado regional.

Nos dias que antecedem os exames, uma boa opção para os estudantes é "treinar muito a escrita", sugere o professor Bruno Alves. "A prova exige que o aluno use intertextualidade. Deve sempre manter a coerência e concisão", observa, lembrando que existe um limite de linhas para as respostas.

Os livros indicados para as provas da Federal de Goiás são: Livro dos Homens ( Ronaldo Correia de Brito), As Primaveras (Casimiro de Abreu), Memórias de um Sargento de Milícias (Manuel Antônio de Almeida), O Demônio Familiar (José de Alencar), A Confissão (Flávio Carneiro) e Nova Antologia Poética (Afonso Félix de Sousa).

Continua após a publicidade

LEIA TAMBÉM

– Anti-heroi romântico marca Memórias de um Sargento de Milícias


– José de Alencar, biografia do fundador do romance de temática nacional

Nas provas de exatas da UFG, vestibulandos podem esperar problemas que envolvem muita matemática e exigem uso de fórmulas, avisa Jardel Henrique Soares da Silva, professor de física do Colégio Protágoras, de Goiânia. "A prova busca questões mais contextualizadas, mas não tem como fugir, em exatas, da matemática. É muito puxado", avalia. "Questões contextualizadas", explica o professor, são as que associam temas atuais à disciplina – o que pode ocorrer, por exemplo, com aquecimento global e calorimetria ou com eletrodinâmica e cálculos de gastos dos aparelhos elétricos.

A UFG oferece 4.714 vagas e foram convocados para a segunda etapa 11.568 vestibulandos.

– Acesse o site do vestibular 2010 da UFG

– Unicamp: confira a lista de convocados para a segunda fase e os locais de prova

– Com segunda fase reformulada, Unesp pode surpreender vestibulandos

– Estadual do Ceará anula primeira fase

– Leia mais notícias sobre vestibular

Continua após a publicidade
Publicidade