logo-ge

História – Guerra dos Mascates

Professor tira dúvida sobre história

O que foi a Guerra dos Mascates?
Enviado por Adriano Gomes

A Guerra (ou revolta) dos Mascates insere-se no contexto dos movimentos nativistas do período colonial. Trata-se de um conflito em Pernambuco que opõe duas áreas dessa região: Olinda, onde há o predomínio dos senhores de engenho, e Recife, com a prevalência dos comerciantes de origem portuguesa – os chamados mascates.


Henry Chamberlain, “O mascate com seus escravos”

Olinda possuía uma Câmara com atuação dos homens-bons da região. Até então Recife (mais próspera economicamente) era subordinada a ela politicamente.

Em 1710, Recife foi elevada à vila, favorecendo os comerciantes locais e causando desconforto e indignação entre os latifundiários de Olinda. O conflito que irrompe, segundo o historiador Evaldo Cabral de Mello, mostra “o jogo de cena a esconder uma luta pelo poder entre o credor urbano e o devedor rural”, pois era comum que os senhores de Olinda recorressem aos empréstimos dos mascates recifenses.

O conflito entre senhores e mascates se seguiu com breves intervalos até 1712, quando houve a intervenção de autoridades metropolitanas que acabaram por favorecer os mascates, mantendo a rivalidade ainda acirrada entre esses grupos.

Respondido pela professora de História do Cursinho do XI, Kaili Takamori. Envie sua pergunta!