Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

“Ideias que Colam”: a mente e o inconsciente de Sigmund Freud

Confira o sexto episódio da série "Ideias que Colam", do Instituto CPFL, com divulgação exclusiva do GE

Por Juliana Morales 23 jul 2020, 16h19

Por causa de Sigmund Freud muita coisa mudou no mundo. Após muito estudo e observação no fim do século 19, o médico neurologista, nascido em Viena, na Áustria, percebeu que era, sim, possível tratar as doenças da mente para além de procedimentos cirúrgicos usados na época. Para ele, a compreensão da mente passava necessariamente pela existência do inconsciente.

E como seria possível acessar esse inconsciente? Segundo Freud, por meio dos sonhos e de conceitos como a “livre associação” e o “ato falho”. Usando-os como ferramentas, seria possível trabalhar a cura pela fala, pelo diálogo entre o médico e o paciente. Assim, ele deu vida à psicanálise, método terapêutico muito usado atualmente.

Diante de toda sua influência e importância, ele é o protagonista do sexto episódio de “Ideias que Colam”, primeira série em animação da Liquid Media Lab, em parceria com o Instituto CPFL, sobre os grandes pensadores da humanidade.   

Gostou? Confira também os episódios anteriores da série:

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do curso Poliedro.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade