Assine com até 65% de desconto

6 museus distantes para conhecer no Google Arts

Se viajar para tão longe está difícil, visite estas instituições do jeito que dá, pela internet

Por Letícia Albuquerque Atualizado em 14 ago 2020, 12h33 - Publicado em 14 ago 2020, 10h12

Viajar para países distantes é um privilégio e, em tempos de pandemia, um sonho impossibilitado. Mas a ferramenta Arts & Culture, do Google, pode ajudar a conhecer um pouco de museus que ficam em países aonde, talvez, você jamais vá. Separamos aqui seis instituições com acervos incríveis e que ficam a oceanos de distância.

African Heritage House/Reprodução

African Heritage House, Quênia

Essa casa-museu abriga uma coleção de artefatos de diversos países da África. Sua arquitetura foi inspirada por construções pré-coloniais de lama, que eram comuns em diversas culturas do continente, e seu objetivo era preservar o artesanato e o legado cultural africano. A decoração dos cômodos é formada por objetos de artesanato colecionadas por seu fundador Alan Donovan, durante anos.

O colecionador de arte chegou ao continente africano pela primeira vez como oficial de auxílio alimentar enviado pelo governo dos EUA para ajudar a população atingida pela Guerra Civil da Nigéria, em 1967. Dois anos mais tarde, ele deixou o trabalho para viajar pelo continente. Foi durante essas viagens que Donovan tornou-se um entusiasta das criações artesanais e começou a organizar exibições com as peças. Em parceria com Joseph Murumbi, o segundo vice-presidente do Quênia, criou a African Heritage House, que permanece como um ambiente de preservação das artes tradicionais africanas.

 

Continua após a publicidade
MOCA Bangkok/Reprodução

Museu de Arte Contemporânea, Tailândia

Localizado em Bangcok, o MOCA exibe uma grande coleção de pinturas e esculturas feitas por artistas tailandeses. Com muitas obras inspiradas pela cultura e religiosidade budista do país, as obras são cheias de cores vivas e muito diferentes do que costumamos ver em museus do Ocidente. O museu foi fundado em 2012 e é considerado uma das maiores instituições de arte contemporânea em toda a Ásia. 

O MOCA também conta, atualmente, com uma exposição online chamada Transcending, do surrealismo tailandês, que pode ser vista aqui.

 

Continua após a publicidade
Visit Petersburg/Reprodução

Museu Hermitage, Rússia

Um dos maiores museus do mundo, ele guarda mais de 3 milhões de obras em seu acervo. Foi fundado em 1764, em São Petesburgo, pela imperatriz Catarina II para guardar as possessões artísticas da realeza russa. É dividido em cinco partes, com obras de artistas de todo o mundo, inclusive nomes famosos como Leonardo da Vinci e Picasso. No mesmo complexo, também é possível visitar o Palácio de Inverno, que servia como residência para os czares.

Al Jazeera/Reprodução

Museu de Arte Islâmica, Catar 

Um museu para você conhecer a arte islâmica produzida durante mais de 1.400 anos. O objetivo da instituição é conservar as produções de diversas civilizações islâmicas de três continentes. Além da enorme quantidade de arte no seu interior, o exterior também se destaca na paisagem de Doha. O museu foi projetado pelo americano de origem chinesa Ieoh Ming Pei, também responsável pela famosa pirâmide do Louvre, em Paris.

Abril Viagem e Turismo/Reprodução

Museu de História da Arte (Kunsthistorisches), Áustria

Na lista dos mais importantes do mundo, o Kunsthistorisches Museum (ou KHM) guarda coleções de arte em um suntuoso prédio, que pertencia à família real austríaca. O acervo é magnífico: apenas no primeiro andar é possível encontrar nomes que você já deve ter ouvido falar nas aulas de História, como Caravaggio, Rafael e Velázquez.

Museum MS/Reprodução

Museu de Lahore, Paquistão

Esse museu paquistanês tem uma fachada de tijolos vermelhos muito particular, construída durante a colonização britânica no país (1849-1947). Lá, você encontra uma coleção de obras que vão de povos pré-históricas da região até pinturas modernas. O museu também é muito conhecido por suas peças de arte greco-budistas, hindus e tibetanas.

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro.

Continua após a publicidade
Publicidade