logo-ge

Número de eleitores com menos de 18 anos diminui no país

Para gerente do projeto Expresso Cidadania, voto é uma maneira de o jovem participar de maneira crítica da sociedade

 

por Guilherme Dearo

No Brasil, o voto só é obrigatório a partir dos 18 anos. Mas jovens a partir de 16 podem tirar o título de eleitor no país, se quiserem.

 

Em 2010, quase 136 milhões de brasileiros estão aptos a votar. Dentre estes, 900.754 têm 16 anos (0,66% do total), 1.490.000 têm 17 anos (1,1% do total) e 8.839.000 têm entre 18 e 20 anos (6,52% do total).

De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em relação às eleições de 2006, houve um crescimento de 8,5% no número total de eleitores. Contudo, entre os eleitores com 16 e 17 anos, ocorreu uma redução de 7%. Agora são 2,39 milhões de jovens nessa faixa etária que podem votar. Em 2006, eram 2,55 milhões.

– Qual o seu grau de consciência política? Faça o teste e descubra!

Luísa Luna, gerente de relações públicas do projeto Expresso Cidadania, conta que a ideia do projeto, nascido em 2008 na Assembleia Legislativa de Minas Gerais quando perceberam essa queda na participação dos jovens, é justamente incentivá-los a tirarem o título de eleitor e participar das eleições.

“A ideia de que o jovem não está interessado em política não é verdade. Basta uma oportunidade de debate para eles se animarem, adotarem postura de seriedade e interesse sobre o assunto”, conta Luísa.

– Tem menos de 18 anos e vai votar nessas eleições?

Em março e abril de 2010, o projeto visitou escolas de 17 cidades mineiras para promover oficinas e bate-papos sobre política e voto. Além de falar sobre a história do voto e da democracia e da política do país, havia o incentivo à emissão do título.

“É preciso criar uma linguagem atraente para atingir os jovens, estimular a participação no debate político. O voto é a forma de o jovem interferir na vida social, então tirar o título de eleitor materializa o engajamento político e a participação efetiva”, acredita Luísa.