logo-ge

Por que 1º de abril é Dia da Mentira?

A origem mais conhecida é a que viria do século 16, por conta da confusão causada pela adoção na Europa do calendário gregoriano

E aí, já caiu em alguma mentira hoje? Ou então já fez algum amigo seu de bobo? É, o dia ainda não acabou, então sempre há a chance de isso ainda acontecer!

Bom, de volta ao motivo do post (e sem pegadinhas), existem diversas histórias para explicar a origem do Dia da Mentira, comemorado em 1º de abril. A mais conhecida é a que viria do século 16, por conta da confusão causada pela adoção na Europa do calendário gregoriano.

Ele foi instituído pelo papa Gregório XIII em 1582 e marcava o começo do ano em 1º de janeiro. Antes, era usado o calendário juliano, criado no ano 45 a.C. pelo general e estadista romano Caio Júlio César (101 a.C.-44 a.C.), em que o início do ano coincidia com o equinócio de primavera, entre 20 e 21 de março. Mas mesmo esse calendário nem era usado por todo mundo.

Por isso, muita gente acabava esticando o ano velho até 31 de março e só comemorava o réveillon em 1º de abril. Por teimosia (ou desconhecimento), algumas pessoas continuaram brindando o novo ano na data antiga, e os trotes de 1º de abril teriam como motivo esse equívoco.

Na imagem de 1898, amigos celebram o April Fool's Day (Dia dos Bobos, em inglês), que também é comemorado em 1º de abril (fonte: Getty Images)Na imagem de 1898, amigos celebram o April Fool’s Day (Dia dos Bobos, em inglês), que também é comemorado em 1º de abril (fonte: Getty Images)