Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Qual o computador indicado para os estudos?

Para acertar na escolha, identifique suas necessidades e pesquise as tecnologias disponíveis no mercado

Por Abril Branded Content Atualizado em 21 jul 2021, 10h29 - Publicado em 22 jul 2021, 10h30

O caminho para se sair bem nos estudos passa por dedicação, concentração, organização e persistência. Não tem atalho que faça você aprender para valer que deixe de fora essas quatro habilidades.

Porém algumas ferramentas ajudam, e muito, a melhorar o seu desempenho. Ter um espaço específico para os estudos, que seja silencioso e bem iluminado, é importante, assim como contar com uma cadeira ergonômica para manter a postura correta.

Outro item fundamental para garantir o aprendizado é um bom computador, que realmente seja adequado às suas necessidades. E ele não é necessário somente em tempos de pandemia e aulas online, não. Mesmo quando o ensino presencial for retomado, o PC continuará sendo essencial. E nem pense em substituí-lo por um smartphone ou tablet. Com essas ferramentas você até consegue assistir às aulas, mas elas são inadequadas para fazer pesquisas, realizar trabalhos, produzir textos longos, entre outras tantas tarefas.

Aliado na produtividade

Para entender de que forma o computador influencia o desempenho e o rendimento de uma pessoa, a Dell realizou o estudo de neurociência Brain on Tech. Durante a pesquisa foram monitoradas, em tempo real, as atividades cerebrais dos funcionários de empresas enquanto eles trabalhavam e interagiam com a tecnologia. Os cientistas concluíram que, quando os equipamentos tecnológicos são funcionais, a produtividade aumenta em 37%. Para cada hora trabalhada, um bom computador pode economizar 23 minutos. Isso representa 15 horas em uma semana de trabalho de 40 horas!

O mesmo estudo ainda concluiu que uma má experiência com tecnologia – por exemplo, aquele PC com pouca memória – pode diminuir em 30% o desempenho, independentemente do conhecimento do usuário em informática. E, para os entrevistados com menos de 26 anos, o desempenho é duas vezes pior.

Ou seja, investir em um computador de qualidade é fundamental para manter sua produtividade nos estudos.

Check list do melhor PC

Na hora de comprar um computador, avalie suas necessidades e pesquise as tecnologias disponíveis no mercado. Dessa forma, você poderá escolher um equipamento que realmente trará uma melhor experiência de uso para execução das suas tarefas diárias. Vale a pena questionar os seguintes pontos:

Continua após a publicidade

– Mobilidade: considere que, mesmo quando as aulas presenciais voltarem, você ainda terá que fazer atividades complementares em casa, e contar com um PC que possa ser transportado é um diferencial importante. “A mobilidade dos notebooks Inspiron é a mesma de um tablet, por exemplo. Eles podem ser levados para o ambiente de estudo, no campus acadêmico ou em um café para encontrar seus colegas, e, dentro de casa, para rever todo o conteúdo adquirido e produzido durante o dia, ao mesmo tempo que o mantêm conectado com seus parceiros”, explica Fernando Faria, gerente de produto da Dell Technologies.

– Praticidade e versatilidade: sentir-se bem durante o período de estudo é requisito básico para afastar o cansaço e, por outro lado, manter a concentração por mais tempo. Segundo Faria, os computadores Inspiron oferecem conforto e ergonomia em seu teclado para longos períodos de digitação, permitindo maior rendimento nas atividades. De acordo com o estudo Dell Display Productivity Study, adicionar teclado e mouse ao notebook aumenta a produtividade em 25,8%; e esse percentual sobe para 32,7% quando se acrescenta um monitor de 24 polegadas, como o Dell S2421HGF. Outro item importante a avaliar é a qualidade de som, o que permitirá o melhor acompanhamento de aulas e reuniões online. Além disso, com o notebook você tem a possibilidade de realizar mais de uma atividade ao mesmo tempo, como por exemplo, fazer anotações enquanto escuta a apresentação do professor.

Produtividade em alta

Os PCs e acessórios da Linha Inspiron da Dell contam com várias opções de notebooks perfeitos para quem estuda. “Eles se adaptam à necessidade do usuário, por sua mobilidade e desempenho, ideais para quem busca produtividade”, diz Faria.

Sua rotina envolve produção de texto e navegação na web? Se a resposta é sim, vale apostar nos modelos da série 3000. “O Dell 15 3000, por exemplo, tem tela com bordas finas em dois lados, que, ao ser combinada com o Dell Cinema – uma tecnologia que melhora a experiência de transmissões de vídeo –, permite que você assista a suas aulas e vídeos com maior qualidade. O modelo ainda oferece mais conforto com teclado no formato ABNT, inclusive com o teclado numérico. Um facilitador para aulas das disciplinas de exatas”, explica Faria.

Agora, se suas prioridades são desempenho e mobilidade, o Inspiron 13 5000, que possui cerca de 1 quilo, é uma ótima opção. O gerente de produto da Dell destaca que, além da tela Full HD de 13”, o modelo apresenta os mais recentes processadores Intel® Core™ de 11ª geração, oferecendo capacidade de resposta incrível, agilidade e fluidez para a realização de multitarefas aliada a um armazenamento rápido (SSD), que conta ainda com uma unidade adicional com a tecnologia Intel Optane, uma memória de acesso ultrarrápido, capaz de armazenar os conteúdos mais utilizados para garantir mais velocidade no dia a dia.

Para garantir a mobilidade, o Inspiron 13 5000 possui tecnologia ExpressCharge™, que recarrega a bateria rapidamente, e um sistema térmico inteligente, que detecta quando o equipamento está sendo usado no colo ou em uma mesa e evita o desconforto de altas temperaturas. Encara horas e horas de estudo com conforto e eficiência.

Clique aqui e saiba mais sobre os notebooks Inspiron!

Continua após a publicidade
Publicidade