Assine Guia do Estudante ENEM por 15,90/mês
Continua após publicidade

Qualidade do Ensino Médio evoluiu pouco, aponta avaliação do MEC

Índice criado em 2005 mostra que evolução da qualidade dos ensinos fundamental e médio é lenta

Por Redação do Guia do Estudante
Atualizado em 16 Maio 2017, 13h43 - Publicado em 1 jul 2010, 18h25

da redação

O Ministério da Educação (MEC) divulgou hoje (1º) o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2009, mostrando que houve avanços lentos nos ensinos fundamental e médio no País.

 

O Ideb do ensino médio passou de 3,5 em 2007 para 3,6 em 2009. Mas atingiu a meta prevista para o período, que era de 3,5 pontos. Já nas séries finais do ensino fundamental, o indicador subiu de 3,8 em 2007 para 4,0 em 2009. A meta para o ano passado era 3,7.

O indicador foi criado em 2005 e funciona como um termômetro da qualidade do ensino público. O Ideb varia de zero a dez e a meta é que o país atinga a nota 6 até 2022.

 

Temos condição de, mantido esse passo, cumprir a cada dois anos as metas de qualidade e chegar em uma situação confortável em 2021", afirmou Fernando Haddad, ministro da Educação.


+ Para eleitores, educação melhorou em ritmo lento no Brasil

+ Enem dará diploma de Ensino Médio para maior de 18 anos que fizer 400 pontos

+ MEC prevê 2,2 milhões de matrículas de adultos em turmas de alfabetização

 

O índice é medido a cada dois anos e há metas estabelecidas para cada período. Ele é calculado com base na nota obtida pelos alunos na Prova Brasil e dos índices de reprovação. A meta prevista para as séries iniciais do ensino fundamental em 2009 era 4,2, resultado que já foi atingido em 2007. A nota 4,6 era a meta prevista para 2011.

O Ideb atribui uma nota para cada escola, assim como para as redes municipais e estaduais, que precisam cumprir metas bienais para melhorar a qualidade do ensino. É a partir dessas avaliações que é calculada a média nacional.

*com informações da Agência Brasil

LEIA MAIS+ Notícias de vestibular+ Notícias de Enem

Publicidade
Qualidade do Ensino Médio evoluiu pouco, aponta avaliação do MEC
Estudo
Qualidade do Ensino Médio evoluiu pouco, aponta avaliação do MEC
Índice criado em 2005 mostra que evolução da qualidade dos ensinos fundamental e médio é lenta

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se você já é assinante faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

DIGITAL
DIGITAL

Acesso ilimitado a todo conteúdo exclusivo do site

A partir de R$ 9,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.