Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Resumo de português: Pronomes Pessoais – o caso oblíquo

Os pronomes pessoais do caso oblíquo funcionam como complemento, ou seja, objeto direto ou objeto indireto, e podem se apresentar sob a forma tônica ou átona. Pronomes Pessoais Oblíquos Átonos 1ª Pessoa – me (singular), nos (plural) 2ª Pessoa – te (singular), vos (plural) 3ª Pessoa – se, lhe, o, a (singular), se, lhes, os, […]

Por Redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h34 - Publicado em 18 nov 2011, 11h57

Os pronomes pessoais do caso oblíquo funcionam como complemento, ou seja, objeto direto ou objeto indireto, e podem se apresentar sob a forma tônica ou átona.

Pronomes Pessoais Oblíquos Átonos

1ª Pessoa – me (singular), nos (plural)

2ª Pessoa – te (singular), vos (plural)

3ª Pessoa – se, lhe, o, a (singular), se, lhes, os, as (plural)

Continua após a publicidade

Pronomes Pessoais Oblíquos Tônicos

1ª Pessoa – mim, comigo (singular), conosco (plural)

2ª Pessoa – ti, contigo (singular), convosco (plural)

3ª Pessoa – si, consigo (singular), si, consigo (plural)

Contrações dos oblíquos átonos
Em uma mesma frase, oblíquos átonos podem ser usados simultaneamente por meio de contração. Essas construções não são comuns no português coloquial e são consideradas arcaísmos mesmo na língua culta.

  me te lhe nos vos lhe
o mo to lho no-lo vo-lo lho
a ma ta lha no-la vo-la lha
os mos tos lhos no-los vo-los lhos
as mas tas lhas no-las vo-las lha
Continua após a publicidade
Publicidade