Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Universitários darão aulas de reforço nas escolas públicas do Rio

Convênio com 6 universidades cariocas prevê aulas de reforço para alunos do fim do ensino fundamental; universitários terão bolsa-auxilio

Por Redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h55 - Publicado em 14 Maio 2010, 15h43

da redação*

Alunos universitários darão aulas de reforço em escolas municipais do Rio de Janeiro. Um documento assinado nesta sexta-feira (14) prevê turmas extras de português e matemática para 3 000 estudantes do 9º ano do ensino fundamental.

O convênio da prefeitura carioca envolve os estudantes das públicas Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). Também poderão participar os estudantes da Estácio de Sá, Castelo Branco, Veiga de Almeida e da PUC-RJ (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro).

Para desempenhar as atividades, os universitários receberão bolsa-auxílio do Instituto Unibanco. As atividades serão computadas como estágio supervisionado ou atividade complementar.

“O 9º ano é crítico para o sucesso no ensino médio, e também é um ano em que se acumularam déficits de aprendizagem recorrentes da implantação da aprovação automática", disse secretária de educação da cidade, Cláudia Costin.

A experiência havia sido implementada no ano passado em oito escolas. Agora, chegará a 90 estabelecimentos – o Rio de Janeiro tem 1 063.

As classes de reforço serão formadas por até 30 alunos, que têm carga de estudos de quatro horas semanais. O Rio de Janeiro tem mais de 600 mil estudantes matriculados em escolas públicas municipais.

*Com informações da Agência Brasil

SAIBA MAIS
– Notícias de vestibular
– Notícias de Enem

Continua após a publicidade
Publicidade