Clique e assine GE Play por R$16,90

Fies: Governo adia para 2022 exigência de nota mínima na redação do Enem

A mudança estava prevista para 2021, mas o MEC adiou nesta terça-feira (13)

Por Juliana Morales - Atualizado em 14 out 2020, 14h16 - Publicado em 13 out 2020, 18h16

O Ministério da Educação anunciou, nesta terça-feira (13), que a exigência de nota mínima de 400 pontos na redação do Enem para se cadastrar no Fies só valerá em 2022. Até lá, o programa continuará com a mesma dinâmica: o estudante precisa tirar nota média mínima no Enem de 450 pontos e não zerar na redação.

A mudança em relação à nota da redação estava prevista para o primeiro semestre de 2021. Mas o MEC adiou e ainda não divulgou o motivo. Já a exigência de média mínima de 450 pontos no Enem não tem alteração e continuará valendo nas próximas edições do programa. As notas podem ser referentes a qualquer edição do exame a partir de 2010.

Lembrando que para se inscrever, além de cumprir com as exigências de notas no Enem citadas acima, o candidato preciso estar matriculado em algum curso de graduação na modalidade presencial e que tenha conceito maior ou igual a três na avaliação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – Sinaes. 

O Fies tem o objetivo de conceder financiamento a estudantes em cursos superiores pagos, possibilitando juros zero a quem mais precisa e uma escala de financiamento que varia conforme a renda familiar do candidato.

Quero Bolsa | Graduação, pós-graduação e técnico: bolsas de estudo com desconto de até 75% em mais de 1100 faculdades em todo o Brasil. Saiba mais!

Continua após a publicidade
Publicidade