logo-ge

Fies: O que é o conceito do curso, p-fies e outras dúvidas

Tire suas dúvidas para a inscrição no Fies 2018/2

Com a abertura das inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), muitos estudantes ficam cheios de dúvidas. Selecionamos aqui as principais e esclarecemos para você!

Antes de tudo, lembre-se: as inscrições devem ser feitas exclusivamente pelsite do Fies Seleção e vão até as 23h59 do dia 22 de julho.

O que é o P-Fies? É diferente do Fies?

São modalidades diferentes do programa de financiamento estudantil oferecido pelo Ministério da Educação para possibilitar que estudantes cursem o ensino superior em instituições privadas.

A modalidades Fies (ou modalidade I) é um financiamento estudantil ofertado diretamente pelo governo para o estudante, tendo, por isso, um baixo custo. É destinada a candidatos com renda familiar por pessoa de até 3 salários mínimos (o salário mínimo atual é de R$ 954,00) e tem juros zero. Durante o curso, o estudante deve pagar mensalmente o valor da coparticipação (a parcela dos encargos educacionais não financiada) diretamente ao agente financeiro.

Quando se formar, deverá pagar o restante de acordo com a sua realidade financeira. Isso significa que a parcela a ser paga será variável de acordo com a renda do formado e será descontada diretamente da fonte (ou seja, da folha salarial). Caso o estudante não tenha renda, deverá pagar um valor mínimo.

Já a modalidade P-Fies é um financiamento ofertado pelas instituições financeiras, mas que contam com recursos públicos e, por essa razão, são capazes de ofertar um financiamento mais barato que o mercado, porém mais caro que o da primeira modalidade. 

Esse financiamento é destinado a candidatos com renda familiar per capita entre 3 e 5 salários mínimos. Os juros e condições de financiamento serão definidos entre o agente financeiro operador do crédito (banco), a instituição de ensino superior e o estudante.

Veja também

Quem pode se inscrever?

Além de ter o limite de renda exigido no item anterior, o candidato precisa ter participado de alguma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e obtido nota mínima de 450 pontos na média das provas e nota na redação que não seja zero.

Ao fazer seu cadastro no site do Fies Seleção, o sistema já informa se você obteve nota suficiente para participar ou não.

Se você tiver feito mais o Enem mais de uma vez nesse período, o sistema vai selecionar sua melhor nota.

Preciso estar matriculado em uma instituição de ensino?

Não! Você pode se inscrever estando ou não matriculado em uma instituição de ensino superior.

Quais são as pessoas que compõem o grupo familiar?

O grupo familiar é a unidade composta por uma ou mais pessoas, eventualmente ampliada por outras pessoas que contribuam para o rendimento ou tenham as despesas atendidas por aquela unidade familiar, todas moradoras em um mesmo domicílio.

E se minha renda for superior ao permitido?

O próprio sistema vai barrar sua inscrição. Aparecerá uma mensagem dizendo:

Sua renda familiar bruta mensal, por pessoa, é superior ao limite permitido. Para se inscrever no processo seletivo do Fies e do P-Fies é necessário ter renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até três salários mínimos. E, exclusivamente para o P-Fies possuir renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até cinco salários mínimos.

Existe uma renda mínima para participar do Fies e P-Fies?

Sim. A renda familiar mensal bruta, por pessoa, deve ser igual ou superior a um salário mínimo (R$ 954,00).

Existe um valor máximo a ser financiado pelo Fies e P-Fies?

Sim. O valor máximo será de R$ 42.983 por semestre.

Posso me inscrever caso eu já tenha usado o Fies antes?

Sim, desde que você não seja inadimplente com o Fies ou CREDUC e não esteja usando o financiamento neste momento.

Estou utilizando o Fies atualmente. Posso me inscrever novamente?

Não.

Sou bolsista do Prouni. Posso me inscrever no Fies?

Sim, desde que seja para custear o mesmo curso em que você é bolsista parcial. Você não pode, por exemplo, fazer um curso com o ProUni e outro com o Fies.

O que é o conceito de curso?

É a nota obtida pelo curso no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) do Ministério da Educação. O Sinaes avalia as instituições, os cursos e o desempenho dos estudantes, incluindo o ensino, a pesquisa, a extensão, a responsabilidade social, a gestão da instituição, o corpo docente e as instalações. Essa nota vai de 1 a 5. 

Como será feito o pagamento do saldo devedor depois de eu me formar?

O estudante terá o pagamento descontado diretamente da sua renda — isto é, o pagamento será retido na fonte, mensalmente.

Qual o prazo máximo para o pagamento do curso?

Considerando que o pagamento do financiamento respeitará a capacidade financeira do estudante, o prazo pode variar. Mas a estimativa do MEC é que o valor seja quitado em até 14 anos.

Para outras dúvidas, consulte o site do Novo Fies ou ligue para 0800-616161.