logo-ge

Matrícula da primeira chamada do ProUni deve ser feita até hoje (8)

O resultado da segunda chamada está previsto para 16 de julho

Os estudantes aprovados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni), do segundo semestre de 2013, têm até hoje (8), para comprovar as informações prestadas no momento da inscrição e providenciar a matrícula na respectiva instituição de ensino em que foi selecionado. Se for o caso, pode participar de seleção própria da instituição.

O resultado da segunda chamada do ProUni está previsto para 16 de julho. O estudante terá entre 16 e 22 de julho para comprovar as informações e providenciar a matrícula.

Caso fique fora das duas chamadas e pretenda integrar a lista de espera, o candidato terá de fazer a adesão no site do ProUni entre 26 e 29 de julho. A lista estará disponível no Sistema Informatizado do ProUni (Sisprouni) para consulta pelas instituições de ensino em 1º de agosto. No dia seguinte, será feita a primeira convocação. O candidato selecionado terá até o dia 7 do mesmo mês para a comprovação dos documentos e matrícula. Em 12 de agosto, será feita a segunda convocação de integrantes da lista. O prazo para aferição dos documentos e matrícula vai até 15 de agosto.

No processo seletivo deste segundo semestre, o ProUni registrou o total de 436.941 candidatos a bolsas. O número de inscrições chegou a 844.864 — cada estudante pôde fazer até duas opções de curso. Foram ofertadas 90.045 bolsas — 55.693 integrais — em instituições particulares de educação superior. Puderam concorrer a bolsas os estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e obtiveram no mínimo 450 pontos de média e nota na redação que não tenha sido zero.

Quem tem direito à bolsa

As bolsas do ProUni valem para toda a duração do curso, mas para continuar recebendo o benefício o estudante precisa ser aprovado, no mínimo, em 75% das disciplinas cursadas em cada período letivo.
Atendendo aos requisitos: Além de ter a nota mínima no Enem, para ter a bolsa do ProUni o estudante precisa:

– Ter renda familiar, por pessoa, de até três salários mínimos;

– Ter cursado todo o Ensino Médio em escola pública ou ter cursado parte ou todo o Ensino Médio em escola privada com bolsa integral;

– Ser portador de deficiência física;

– Ser professor da rede pública de ensino básico, concorrendo a vagas em cursos de licenciatura, normal superior ou Pedagogia.

Tipos de bolsa

O ProUni oferece dois tipos de bolsas: integral e parcial (50% da mensalidade). A bolsa integral é para estudantes com renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio (R$ 1.017). A bolsa parcial é destinada aos estudantes com renda familiar, por pessoa, de até três salários mínimos (R$ 2.034).

LEIA MAIS

– Confira notícias sobre o ProUni

– Confira notícias sobre Vestibular e Enem