Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

MEC define distribuição de bolsas remanescentes do ProUni que não foram ocupadas

Regras valem para vagas do primeiro semestre de 2011

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h44 - Publicado em 6 abr 2011, 11h08

O governo federal divulgou hoje, no Diário Oficial da União, as regras estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC) para a ocupação de bolsas remanescentes do Programa Universidade para Todos (ProUni). De acordo com o texto, as bolsas não distribuídas aos candidatos pré-selecionados no processo regular podem ser concedidas conforme a classificação em processo seletivo da instituição de ensino superior para turmas iniciadas no primeiro semestre de 2011 e conforme o desempenho acadêmico, para turmas anteriores.

– Estudante sente-se lesada por não receber bolsa do ProUni de universidade

As bolsas deverão ser oferecidas, prioritariamente, a estudantes que sejam professores da rede pública de ensino, matriculados em cursos de licenciatura, normal superior e pedagogia.

– Entenda o ProUni passo a passo

Segundo a portaria, as universidades são obrigadas a divulgar a existência das vagas remanescentes do ProUni. Além disso, a instituição também deverá divulgar o número de bolsas disponíveis em cada curso, turno e local de oferta, a lista dos estudantes inscritos e dos aprovados. Os reprovados devem receber documento com a explicação do motivo.

Continua após a publicidade

A concessão dessas bolsas deverá ser registrada em sistema informatizado do MEC desta quarta-feira (6) até as 23h59 de 12 de abril.

Caso ainda sobrem bolsas, a universidade tem a obrigação de disponibiliza-las no próximo processo seletivo correspondente do Prouni, de forma a cumprir a proporção de bolsas legalmente estabelecida.

Confira a portaria completa no site do Diário Oficial da União

VEJA TAMBÉM

 – Notícias de vestibular e Enem

– Notícias do ProUni

Continua após a publicidade
Publicidade