logo-ge

MEC divulga lista de candidatos pré-selecionados para Fies do 2º semestre de 2015

Estudantes devem preencher cadastro no SisFies entre os dias 14 e 23 de agosto

Os estudantes que se inscreveram para contratar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) no segundo semestre de 2015 já podem consultar a lista de pré-selecionados no site do SisFies. O resultado, inicialmente previsto para ser lançado no último dia 10, foi divulgado na noite desta quarta-feira (12).

>> Veja a lista de pré-selecionados

O calendário do Fies também foi alterado devido ao impasse. Os estudantes que desejam firmar contrato têm agora mais um dia para apresentar a documentação necessária e poderão completar a inscrição no site do programa entre os dias 14 e 23 de agosto. Após finalizar o processo os candidatos devem ainda validar as informações na instituição de ensino em que farão a matrícula, dentro de 10 dias.

As pessoas que não foram pré-selecionadas e estão na lista de espera devem acompanhar as próximas chamadas através de seu boletim, na página do Fies. Em caso de convocação, há um prazo também de 10 dias para regularizar a documentação e concluir o processo de contrato.

O atraso se deu devido a uma decisão da Justiça Federal, no dia 7 de agosto, que impediu a publicação da lista de pré-selecionados até que o MEC explicasse quais os critérios utilizados para distribuir as 61,5 mil vagas previstas para a segunda edição do Fies de 2015 entre as entidades de educação superior.

Na tarde de ontem, o ministério informou, no entanto, que a liminar havia sido suspensa pelo judiciário, após análise dos esclarecimentos.

Mudanças

Neste ano Fies teve algumas alterações em seu regulamento. A principal delas é o aumento dos juros nas mensalidades dos novos contratos firmados a partir do segundo semestre de 2015. O valor, estabelecido pelo Ministério da Educação, foi de 3,4% para 6,5%. Outra mudança foi no prazo para pagamento da dívida, fixado em três vezes o tempo de duração do curso. O limite de renda familiar bruta também foi reestabelecido de 20 salários mínimos para 2,5.

De acordo com as novas normas do Fies, divulgadas no início de julho, cursos avaliados com notas 5 e 4 poderão oferecer maior número de vagas com financiamento. Além disso, a prioridade de oferta de oportunidades está concentrada nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste (excluindo-se o Distrito Federal), e em cursos destinados às áreas de Saúde, Engenharia e formação de professores.

LEIA MAIS

– Notícias de vestibular e Enem