logo-ge

MEC diz que sites do Prouni e Fies podem estar sofrendo ataques de hacker

O Ministério considera estender o prazo de inscrição para as bolsas remanescentes do Prouni

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou em coletiva de imprensa nesta manhã (8) que os sites do Programa Universidade para Todos (Prouni) e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) podem estar sofrendo ataques. Segundo ele, “há indícios de sabotagem que nos levaram a chamar a polícia federal para investigar”. 

Embora o MEC não tenha apresentado esses indícios do suposto ataque, os sites do Prouni, Fies e outros da pasta estão sofrendo instabilidades desde a última semana, dificultando o acesso de estudantes que tentam se inscrever, por exemplo, para as bolsas remanescentes do Prouni. 

O ministro não descarta a possibilidade de estender o período de inscrições, que inicialmente vai até 16/8, caso haja necessidade. A prorrogação seria equivalente ao período em que o site ficou indisponível. 

De acordo com o MEC, técnicos estão trabalhando para normalizar os sites o mais rápido possível, mas não há previsão de resolução do problema. Estão também instáveis os portais do Simec (Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle do Ministério da Educação) e do Presença, relacionados ao Ensino Básico.