logo-ge

MEC prorroga inscrições para o Fies 2018 do segundo semestre

Ao todo, há 155 mil vagas ofertadas, 50 mil delas com juro zero

O Ministério da Educação (MEC) decidiu prorrogar o período de inscrições para a edição do segundo semestre de 2018 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) devido a falhas no sistema que levaram à oferta de vagas inexistentes.

O prazo, que acabaria no último domingo (22), irá até as 23h59 desta terça-feira (24).

Até a manhã desta segunda-feira (23) já haviam sido concluídas 170.190 inscrições. Para se inscrever, é preciso acessar a página do Fies na internet.

Pode concorrer quem fez uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com média igual ou superior a 450 pontos e nota acima de zero na redação.

Ao todo, há 155 mil vagas ofertadas, 50 mil delas com juro zero.

O resultado da seleção será publicado, em chamada única, no dia 30 de julho. A partir desse dia, e até 3 de agosto, os pré-selecionados na modalidade que exige comprovação de renda de até três salários mínimos (entenda melhor abaixo) deverão complementar as informações na página do Fies para, posteriormente, efetivar a contratação do financiamento.

Novo Fies

O Novo Fies divide o programa de financiamento estudantil em diferentes modalidades, conforme a renda familiar do candidato.

A modalidade juro zero é destinada a candidatos com renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos. Nesse caso, o financiamento mínimo é de 50% do curso, enquanto o limite máximo semestral é de R$ 42 mil.

A outra modalidade, o P-Fies, destina-se a estudantes com renda familiar de até cinco salários mínimos e opera com recursos dos Fundos Constitucionais e dos Agentes Operadores de Crédito.

Poderão ser financiados os cursos de graduação com conceito maior ou igual a três no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) ofertados pelas instituições de ensino superior participantes.

Também poderão participar do programa os cursos que, ainda não avaliados pelo Sinaes, estejam autorizados para funcionamento pelo cadastro do MEC.