logo-ge

Adoro decorar e desenhar. Design de Interiores é para mim?

Orientador profissional esclarece

Tenho 25 anos e estou bastante interessada na área de Design de Interiores. Mas não tenho certeza se tenho este perfil profissional. Sempre decorei minha casa e adoro desenhar. Antes de mudar algo de lugar, faço um desenho para ver como vai ficar. Além disso, muitas amigas pedem minha ajuda na hora de modificar um ambiente de suas casas. Mesmo assim, não sei se só isso basta para saber se tenho o dom ou não. Preciso de um conselho, me ajudem …
Enviado por Anônimo

Essa ideia de que temos que ter um perfil para determinada profissão pressupõe que já estamos relativamente prontos para exercê-la. Mais: que ela só se realiza no mercado de trabalho. Precisamos pensar, porém, que os cursos de formação profissional (universitários ou não) têm como missão formar a pessoa em termos de conhecimentos e de habilidades.

Se o curso for bom, ele deve mudar seu jeito de ver as coisas, aprofundar seus conhecimentos práticos e teóricos e trazer uma visão mais sistematizada das possibilidades de atuação.

Cada profissão desemboca em inúmeras ocupações. Um médico, por exemplo, pode fazer atendimento clínico, cirúrgico ou atuar sem entrar em contato direto com o paciente.

Mas tome cuidado: às vezes, gostamos de fazer coisas como amadores, mas podemos não gostar de fazê-las profissionalmente. É comum vermos pessoas que adoram cozinhar fazendo cursos de culinária. Mas nem por isso elas pensam em se tornar profissionais da área. Cozinham muito bem para si e para os que os rodeiam. Nada além disso.

Por fim, é fundamental conhecer, profundamente, tudo a respeito da profissão (o que faz, onde trabalha, como é o mercado de trabalho etc), do curso de formação e do processo seletivo (que pode exigir uma prova de aptidão específica).