Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

“Amo a natureza, adoro escrever. Posso ser jornalista ambiental?”

Você pergunta, nossos orientadores respondem

Por Redação 1 abr 2020, 15h27

Olá! Desde sempre amo muito o mar e os animais que vivem nele. Porém amo escrever, amo tocar as pessoas com palavras e tenho vontade em fazer Jornalismo, mas também quero fazer Biologia. Devo fazer primeiro Biologia e depois fazer Jornalismo para me tornar jornalista ambiental? Quero que a minha profissão me permita viajar ao mundo.

Larissa Adaniya

Por JULIANA RISSARDI, sócia-consultora da People & Results 

Oi, Larissa, 

Quando se tem duas carreiras com as quais você se identifica, mas que são muito específicas e diferentes, minha sugestão é que você reflita sobre o que exatamente quer fazer como trabalho e o que pode ser um hooby. 

Muitas vezes um tema que gostamos muito pode ser um ótimo início para uma carreira, para que isso se torne sua função de trabalho. Porém, tem muitas outras coisas que gostamos que podem ser somente um hobby para a vida. 

No seu exemplo, acredito que você deva pensar e pesquisar mais sobre a atuação prática das duas áreas. Pois podemos descobrir que na hora de atuar diretamente em determinada formação algumas crenças de como vai ser não são exatamente como idealizamos. Nesse sentido, recomendo como segundo passo que você procure conversar com profissionais já formados e atuantes em suas áreas: Biologia e Jornalismo. Para você entender a rotina, o dia a dia efetivo desse profissional da área. Isso te ajudará a pensar se as suas paixões são mesmo refletidas no que você quer fazer da sua vida diariamente. 

Continua após a publicidade

Vale dizer que para se especializar no jornalismo ambiental você não precisa, necessariamente, ter uma formação acadêmica em Ciências Biológicas. E há biólogos escritores, como Fernando Reinach, colunista do Estadão.

Além disso, nas duas opções que você citou é possível viajar, mas acho prudente entender antes como essas opções funcionam na prática para evitar frustrações depois que você já estiver formada. 

Boa sorte!

Envie suas dúvidas para nosso canal de Orientação Profissional

People & Results

Empresas são feitas de profissionais. São eles que constroem, transformam e perpetuam a cultura corporativa. Quando colocadas em posições que exigem aquilo que cada um tem de melhor, alcançam desempenho superior, são mais felizes. Portanto, cuidar da cultura da empresa e da carreira é peça fundamental na gestão de pessoas e para o sucesso nos negócios. Em suma, pessoas e resultados são o nosso negócio.
(A consultoria, especializada em carreira e cultura organizacional, responderá periodicamente as dúvidas dos leitores do GE).

 

Continua após a publicidade
Publicidade