logo-ge

Como é a estrutura de um curso de Relações Internacionais?

Orientador profissional esclarece

Estou cursando Relações Internacionais e até gosto da faculdade. Mas, pelo menos até agora, as matérias que tenho não são nada práticas. Tenho aulas muito teóricas, de história, geografia, direito, e não consigo encaixá-las para uso prático. Estou na quarto período da faculdade, nunca estagiei, e não vejo futuro nesse curso que só me oferece teoria.
Enviado por Tiago Lucena Mendes

É muito comum que no começo de praticamente todos os cursos superiores o aluno não encontre muita semelhança entre a imagem que trazia da formação antes de ingressar e a realidade que vivencia. Isso ocorre, porque para que a apresentação da prática seja bem sustentada, é necessário aprofundar a formação da teoria básica.

No caso de Relações Internacionais isso pode se alongar um pouco, já que é um curso que exige sólida formação teórica e generalista, em função da amplitude e da complexidade dos assuntos que se relacionam à atuação profissional. Durante a graduação o estudante de RI vai se deparar com aulas teóricas de sociologia, economia e história. Além disso, terá aulas práticas com simulação de negociações políticas, empresariais, comerciais e diplomáticas.

Você mencionou que nunca fez estágio, o que é ruim. Seria interessante já começar a ter contato com a área. Atualmente, há interessantes estágios voltados para as Relações Internacionais na área no chamado “terceiro setor”: organismos que atuam com temas ligados a políticas públicas sem filiação ao Estado.

Leia mais:
-Relações Internacionais é o curso que eu quero?


– Saiba mais sobre o dia a dia de um profissional de Relações Internacionais