logo-ge

Como faço para lecionar Português para estrangeiros?

Orientador profissional esclarece

Qual a formação que devo ter para lecionar Língua Portuguesa para estrangeiros? Quero morar fora e dar aulas de Português. De início, gostaria de dar aulas aqui no Brasil, mas depois queria dar aulas em escolas preparatórias de língua portuguesa e quem sabe depois em universidades. Eu deveria fazer Letras? Qual universidade aqui no Brasil tem esse curso para essa área? A USP é uma boa opção?
Enviado por Kelly Araujo

A formação em Letras é a mais adequada, pois é orientada ao estudo das línguas, literatura e cultura dos povos, bem como permite uma boa formação para o magistério. Ao ingressar neste curso, o aluno o faz escolhendo a língua a que vai se dedicar, além da língua portuguesa.

A licenciatura em Letras possibilita a docência na rede oficial de ensino, seja privada ou pública. Para ingresso na carreira acadêmica (docência no nível superior) é fundamental a realização de curso de pós-graduação stricto senso (mestrado e doutorado).

É interessante também que este profissional, principalmente se deseja residir em outro país, realize estudos complementares sobre aspectos culturais gerais do povo deste país, conhecendo hábitos, valores predominantes e sua história. A proficiência (domínio completo) verbal da língua estudada, incluindo-se gírias, expressões idiomáticas, acentos (sotaques) diferenciados é também de grande importância.

As universidades públicas – como é o caso da USP – têm em geral boa avaliação frente aos critérios oficiais do MEC e quanto à valorização determinada pelo mercado de trabalho. Há universidades que enfocam determinadas áreas, como negociação internacional e comunicação organizacional. O foco desejado pode, contudo, ser desenvolvido durante a graduação por escolha do próprio aluno, principalmente em universidades públicas, já que estas oferecem um bom número de disciplinas eletivas e optativas justamente para este fim.

Leia mais:
– Gosto de matérias de Humanas, que curso devo fazer?
– O que você tem feito das suas férias?