logo-ge

Dá para conciliar Direto com Biologia?

Orientador profissional esclarece

A dúvida clássica de todo adolescente prestes a fazer a escolha de qual faculdade fazer surgiu na última semana. Eu sempre tive fixamente a ideia de seguir a carreira da minha mãe e fazer Direito, juntando o útil ao agradável, pois as matérias com que mais me identifico são literatura, história, sociologia e por aí vai. Só que no terceiro colegial eu descobri um grande interesse por Biologia, fato que mudou minha concepção diante do que fazer. Queria uma ajuda para conciliar essas duas áreas distintas.
Enviado por Rodrigo Ferracini

Nem sempre é possível conciliar interesses. Eventualmente um advogado poderia se especializar em causas que envolvem ética médica ou de pesquisa biológica e biomédica (células-tronco, engenharia genética, etc.). Porém isso não significaria uma síntese quanto aos objetivos das profissões do advogado e do biólogo/ médico/ biomédico.

Uma das dificuldades que estão presentes no processo de escolha profissional diz respeito ao abandono de opções que atraem. Quem escolhe pode ter fortes interesses por áreas de conhecimento distintas. Diante da escolha, ter que abrir mão de uma das opções é percebido como uma forte perda: perda de um projeto de vida, perda de possíveis prazeres futuros, perda de parte da identidade.

Para lidar com essa questão é necessário que se busque o maior número de informações sobre si mesmo, sobre as profissões e sobre a dinâmica do trabalho em nossa sociedade. Diante destas informações e diante da permanência da dúvida, é chegada a hora da realização de um “ato de coragem”: coragem para enfrentar as perdas, mas para encontrar os ganhos também.

Leia mais:
TESTE: Direito é mesmo o que eu quero?
– Humanas ou Biológicas: qual área devo seguir?