logo-ge

Devo largar o curso de Engenharia Elétrica?

Orientador profissional esclarece

Estou fazendo o curso e minhas notas são horríveis. Estudo, mas estou tendo muita dificuldade. Devo desistir?

Enviado por Darlan

Você não informa em sua pergunta em que período se encontra do atual curso, nem as disciplinas em que encontra maior dificuldade. O primeiro passo é refletir sobre sua escolha: os motivos da escolha e a intensidade da identificação com a carreira. Se houve e há motivação, você deve procurar identificar as áreas específicas de dificuldade e as possíveis causas de seu baixo rendimento: falta de elementos básicos para a compreensão dos conteúdos complexos atuais, forma e volume de estudo, nível de ansiedade nas aulas e nas avaliações, frequência e disposição física e mental nas aulas, relacionamentos com colegas e professores que possam estar interferindo na aprendizagem, entre outros possíveis.

A análise destas variáveis é importante para que sua decisão seja de enfrentamento maior produtivo do problema ou de tomada de outro de forma consciente, sem que reste a impressão que a mudança tenha ocorrido por algum tipo de “fracasso” ou por falta de compromisso.

Você investiu recursos pessoais e financeiros, atendeu/estabeleceu expectativas familiares, organizou certas rotinas no sentido de efetivar um projeto de vida, de conquistar certa identidade profissional e pessoal. Interromper este caminho é também romper esta identidade que estava se desenhando. Portanto não se trata apenas de uma decisão racional quanto às atividades que você executará no futuro, mas envolve também conteúdos emocionais ligados a perdas, a incertezas, a riscos.

Toda escolha real envolve ter que lidar com conflitos, riscos e perdas. Comece identificando estes aspectos e avaliando suas possibilidades pessoais e materiais para enfrentar os riscos e as perdas decorrentes da mudança de curso.

Por fim, munido do maior número de elementos, realize sua escolha enfrentando com coragem as perdas que ela inevitavelmente trará, seja pela permanência no atual curso ou pela mudança de planos. É uma decisão absolutamente pessoal, que depende de seus valores e expectativas.

Leia mais:
– Posso cursar Engenharia Mecânica mesmo não sendo bom em matemática?
– Será que vou conseguir lidar com a matemática dos cursos de Arquitetura e Engenharia Civil?
– O perfil de um estudante da área de Engenharia e Produção