logo-ge

Estou com dificuldade na faculdade. Devo escolher outro curso?

Nossa orientação profissional responde

Eu me chamo Felipe e curso contabilidade no momento. Mas estou pensando em trocar de curso devido às dificuldades que estou tendo nas matérias – não consigo memorizar as coisas, e acho que, como me formei no Ensino Médio há 8 anos, qualquer graduação será difícil. Estava querendo trocar para educação física por achar que é um curso menos complexo. Por favor me ajude a resolver isso… agradeço desde já.

Felipe

Quando uma de nossas fundadoras tinha 18 anos, ela criou uma regra para garantir que coisas importantes não sejam feitas de supetão, com grande risco de gerar arrependimento. É a regra dos 30 dias. Toda vez que precisar decidir algo ‘definitivo’ ou ‘sem volta’, marque esse dia no calendário. Siga marcando a cada dia que a certeza continuar. Se a vontade de fazer isso desaparecer ou diminuir em algum momento, pare a contagem e comece novamente. Só dê o passo quando completar 30 dias seguidos sem exceção.

Mudar de faculdade é algo grande quando você já investiu tempo, esforço e dinheiro. Porém é um grande desperdício passar o resto da vida em uma carreira sendo infeliz, só porque o investimento passado foi alto… O caminho aqui é investigar alguns aspectos, como a atuação na área escolhida e o método de aprendizado.

Pergunte-se: O que te fez escolher a sua faculdade atual? As razões seguem fazendo sentido? Você ainda se enxerga um profissional da área em alguns anos? Ao encontrar pessoas bem-sucedidas que fazem aquilo, seu sentimento é de admiração, sentindo prazer em ouvir sobre o dia a dia delas?

Você fala sobre a dificuldade de memorizar, só que a decoreba acaba servindo para quase nada na hora d aplicar o conhecimento. A contribuição do profissional está justamente em pensar para encontrar soluções. O que significa que o importante na faculdade é aprender a pensar para poder fazer o que o computador (ainda) não faz. Tudo o que precisa ser decorado o computador pode guardar, substituindo as pessoas.

Se a forma como estão ensinando tem feito o conteúdo quase impossível de você aprender, vale a pena investigar qual é seu estilo de aprendizado (sinestésico, visual gráfico, auditivo ou leitor/escritor). Existem testes gratuitos sobre isso na internet. Investigue seu estilo e ajuste seu método de aprendizado. Se você é sinestésico, peça aos professores exercícios práticos, se é leitor/escritor busque artigos e casos tomando nota dos conceitos chave, se é oral assista às aulas e depois conte o que aprendeu para outra pessoa e se você é visual gráfico transforme os conteúdos em tabelas, fluxogramas ou gráficos. Ainda com relação à sua falta de memória, saindo do decorar para o lembrar, vale a pena investigar se há algo físico que esteja desequilibrado. Grandes avanços nesse sentido têm sido feitos pela medicina chinesa, por exemplo.

Se ainda assim o seu curso atual for só fonte de sofrimento, invista tempo conversando e observando o dia a dia dos alunos e profissionais de outras áreas de interesse. Converse com eles para saber exatamente como as coisas funcionam. Siga investigando até encontrar aquele que realmente faz sentido para você.

 

People & Results

Empresas são feitas de profissionais. São eles que constroem, transformam e perpetuam a cultura corporativa. Quando colocadas em posições que exigem aquilo que cada um tem de melhor, alcançam desempenho superior, são mais felizes. Portanto, cuidar da cultura da empresa e da carreira é peça fundamental na gestão de pessoas e para o sucesso nos negócios. Em suma, pessoas e resultados são o nosso negócio.
(A consultoria, especializada em carreira e cultura organizacional, responderá periodicamente as dúvidas dos leitores do GE).