logo-ge

Faço Engenharia Agronômica, mas me interessei por Engenharia Agrícola. E agora?

Orientador profissional esclarece

Sou estudante do primeiro período de Engenharia Agronômica e, ao analisar a grade de Engenharia Agrícola, percebi que é um curso que se enquadra melhor no meu perfil. Estou em dúvida se é a melhor opção trocar de curso, visto que as duas engenharias são complementares. Gostaria de saber: até onde o engenheiro agrônomo poderá atuar dentro da Engenharia Agrícola? É mais recomendado trocar de curso ou aguardar mais algum tempo?
Enviado por Anna Karoline

Engenharia Agronômica, nome oficial da Agronomia, é uma profissão da área de biológicas e tem como objetivo melhorar a produção agropecuária.

Engenharia Agrícola é um curso da área de exatas e tem como objetivo levar as engenharias Mecânica, Elétrica e Civil para o campo. Pense na construção de silos, no desenvolvimento e produção de sistemas de irrigação, no projeto e construção de colheitadeiras, por exemplo.

Portanto, o engenheiro agrícola na mexe diretamente com a terra, mas com o “maquinário” que será utilizado na produção.

De fato, as duas profissões se complementam, nas as formações são diversas. Analise com cuidado a grade curricular dos dois cursos, converse a respeito de sua dúvida com os professores de seu curso e tome sua decisão.

Retomando outras respostas já dadas a respeito da escolha profissional, a opção em última instância é um ato de coragem que envolve ganhos e perdas.

Leia mais:
– TESTE: Já pensou em fazer Engenharia Agrícola?
– Conheça os 28 cursos de Meio Ambiente e Ciências Agrárias