logo-ge

Gosto de escrever, mas também já pensei em ser atriz. O que posso fazer?

Orientador profissional esclarece

Gosto muito de ler e escrever histórias, mas também tenho vontade de atuar nas oportunidades de teatro da escola. O que posso fazer?
Enviado por Karol

Não há no Brasil um curso diretamente relacionado à formação de escritores / redatores de textos literários. Pessoas que pretendem desenvolver tais habilidades buscam cursos como Letras (que pode auxiliar quanto a conhecimentos ligados a movimentos e linguagens literárias), Jornalismo (que desenvolve técnicas de comunicação), ou outros cursos em ciências humanas (Ciências Sociais, Filosofia, Psicologia, etc) que podem embasar maior conhecimento sobre a caracterização de personagens, a qualidade da comunicação entre as pessoas, o aprofundamento da análise dos perfis humanos. O curso que mais se aproxima do perfil indicado é o de Estudos Literários da UNICAMP.

Em nossa história temos exemplos de escritores bem sucedidos com diversas formações: publicitários, professores, economistas, médicos, engenheiros. Observe que Dostoiévski era funcionário público, Vinicius de Moraes foi diplomata de carreira, Paulo Coelho é publicitário de formação, Ariano Suassuna formou-se em direito, só para citar alguns exemplos.
Hoje no Brasil cresceu a oferta de oficinas de escrita criativa, que são cursos livres que reunem pessoas interessadas na escrita que reunidas em torno de um professor exercitam a pratica do escrever.

Também a formação do ator pode ocorrer de formas diferentes em nossa sociedade. Um caminho é a realização de cursos livres, ou seja, que não fazem parte do sistema oficial de ensino (sistema este composto por cursos técnicos e de graduação no ensino superior). Há cursos muito conceituados, em geral desenvolvidos por diretores e/ou atores experientes.

Outra forma é a realização da graduação em Artes Cênicas. Este curso (que existe nas modalidades tecnológico e bacharelado) habilita o formado nas atividades ligadas à produção e veiculação de obras, tais como cenografia, figurino, dublagem, direção, produção executiva e artística, além da interpretação direta de personagens em teatro, rádio, televisão e cinema, incluindo-se peças de propaganda e até mesmo a aplicação de quadros dramatizados em treinamento de pessoas em empresas. Consulte a seção Profissões e Universidades deste site para mais informações.

Como estas duas áreas não se constituem como áreas historicamente formais (ou seja, áreas em que diplomas de graduação significam a garantia formal de ingresso no mercado de trabalho), a sugestão é que você se envolva cada vez mais em projetos coletivos (tais como blogs, saraus, mostras, concursos literários, grupos amadores de teatro, etc) para que haja maior clareza quanto a seus objetivos.

Leia mais:
– Artes cênicas é o curso certo?
– Gosto de escrever – que curso devo fazer?