logo-ge

Há demanda por quem trabalha com Engenharia Florestal?

Orientador profissional esclarece

Qual é a procura no Brasil por profissionais formados em Engenharia Florestal?
Enviado por Jamile

As ciências que lidam com o aproveitamento e a preservação dos recursos naturais têm recebido cada vez mais atenção nos últimos anos. O sistema econômico capitalista de fato promoveu e continua promovendo avanços tecnológicos como nunca se viu na história da humanidade.

Contudo, talvez tardiamente, percebemos que se não pensarmos que os recursos se esgotam ou que a qualidade de vida pode ser drasticamente diminuída se não houver controle, todos perderemos.

A Engenharia Florestal tem papel importante neste processo ao se dedicar à exploração sustentável dos recursos vegetais. Nesse sentido, tanto órgãos governamentais que desenvolvem pesquisas na área e fiscalizam a exploração como empresas privadas para atender a legislação específica e para buscar “certificações” – documentos que atestam a qualidade dos produtos e o respeito ao meio – sinalizam para o aumento da empregabilidade dos engenheiros florestais.

Segundo o Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura de São Paulo, o salário inicial da carreira é de R$ 3.060 por 30 horas de trabalho semanais. Segundo o site “Salariômetro”, o salário médio de contratação nos últimos seis meses foi de R$ 3.488.

Leia mais:
-Engenharia Florestal é a carreira ideal para você?

– Web Séria ‘Na Real’: o dia a dia de um engenheiro florestal

– Engenharia é a melhor opção?