logo-ge

Já estou no último período, mas ainda não sei o que quero. O que fazer?

Orientador profissional esclarece

Tenho 32 anos. Sou comunicativa e por isso resolvi cursar relações públicas, mas descobri que o curso não tem muito a ver comigo. Mesmo assim, estou no último período. Amo os animais, não posso ver um doente que quero cuidar. Mas não fiz veterinária porque a química me desanima. Sempre alguém me procura para desabafar ou pedir conselho. Eu deveria ter cursado Psicologia? Deveria ter feito Veterinária? Dúvida a essa altura do campeonato e complicado…
Enviado por Anônimo

Suas escolhas estão baseadas em poucos determinantes, apenas em disciplinas dos cursos e algumas características pessoais. Faça uma análise mais profunda de todos os aspectos envolvidos na questão para tomar sua decisão. Aprenda com o que vivenciou e, que segundo você mesma, não deu certo.

Veja: você diz que escolheu Relações Públicas porque se achava comunicativa, mas depois descobriu que o curso não tinha muito a ver consigo. Será que você de fato sabia o que seria o trabalho deste profissional?

Gostar de bichos não nos parece um argumento sólido para querer ser veterinária. É melhor conhecer mais a profissão: ler, visitar profissionais e não se contentar apenas com a visão que você construiu a respeito das profissões ao longo de sua vida. Não que elas estejam erradas, mas seguramente são parciais.

O trabalho do Psicólogo é mais amplo do que saber ouvir o problema dos outros. Além do mais, ele não dá conselhos. Pense no que pretende para sua vida, aprofunde o conhecimento que tem das profissões em todos os aspectos que vão desde as atividades cotidianas, passando pelo mercado e pela formação para só depois tomar sua decisão.

– Guia de Profissões: Relações Públicas

– Guia de Profissões: Psicologia


– Guia de Profissões: Medicina Veterinária