logo-ge

Não sei qual é meu “dom”, ou qual profissão escolher

Nossa orientação profissional responde

Como saber qual é o meu “dom”, qual profissão devo seguir? E como saber se é isso que realmente quero?

Glaucia

Oi Glaucia, bom questionamento ir em busca de seu dom, seu talento é o ponto de partida para definir sua carreira. Temos algumas dicas:

1. Autorreflexão: Busque entender quais são seus pontos fortes e as lacunas. Suas fortalezas estão no que é natural para você, aquilo que as pessoas reconhecem como forte característica da Glaucia, o que você faz sem esforço. Sabe quando “a coisa flui”? Já as lacunas estão onde você encontra as grandes dificuldades, se sente incomodada com o que tem que fazer. Você gosta de tomar a frente das situações e resolver rapidamente algum problema, ou prefere ir aos poucos, buscando ajuda? Gosta ou se sente desconfortável ao se expor perante uma plateia? Gosta de discutir um ponto de vista até que o outro se convença, ou foge de qualquer longa discussão para evitar conflitos? Estes são exemplos de perguntas que te ajudam a refletir sobre suas preferências. Liste tudo que você ama fazer e do que prefere ‘passar longe’.

2. Auto-conhecimento: Depois de refletir sobre seus gostos, é hora de escutar a sua audiência. Pergunte aos seus pais, primos, tios, colegas de escola e amigos sobre o que eles reconhecem em você como ponto de destaque. Além disso, ferramentas de mapeamento de personalidade podem ser de grande ajuda. Quanto mais você se conhece e sabe do que gosta, maior sua capacidade de identificar o que escolher.

3. Carreiras correlatas: Ao conhecer a lista de tarefas onde você se destaca, o passo seguinte consiste em descobrir quais carreiras envolvem essas tarefas na maior parte do tempo. Levante todas aquelas profissões que de alguma forma necessitam das suas fortalezas. Em seguida, busque profissionais que já atuam nesta área, converse com alguns deles. Por exemplo, se agronomia é uma possibilidade, converse com pelo menos 4 agrônomos. Entenda como é o dia a dia da profissão. Isso vai te ajudar a selecionar as que mais gosta.

4. O que acontece por aí: Pesquise também o mercado, amplie os horizontes, entenda como as novas tecnologias impactarão as carreiras que você mais gostou. Algumas profissões em cinco anos deixarão de existir e outras novas surgirão. É importante conhecer o cenário futuro das carreiras que estiverem na sua mira.

Feita a escolha, ainda assim pode ser que no meio do caminho você sinta falta de algo. Nada de ter medo, mude, corra atrás de fazer o que sente prazer, naturalmente o sucesso virá! Se é no trabalho onde você passará a maior parte do seu tempo, tem que ser prazeroso, né?!

People & Results

Empresas são feitas de profissionais. São eles que constroem, transformam e perpetuam a cultura corporativa. Quando colocadas em posições que exigem aquilo que cada um tem de melhor, alcançam desempenho superior, são mais felizes. Portanto, cuidar da cultura da empresa e da carreira é peça fundamental na gestão de pessoas e para o sucesso nos negócios. Em suma, pessoas e resultados são o nosso negócio.
(A consultoria, especializada em carreira e cultura organizacional, responderá periodicamente as dúvidas dos leitores do GE).