logo-ge

Quais cursos são indicados para quem quer atuar ou cantar?

Orientador profissional esclarece

Estou terminando o 3º ano do ensino médio. Sempre tive em mente fazer o curso de Artes Cênicas ou de Música, pois quero ser atriz ou cantora. Só que eu tenho medo de no fim não dar em nada. Qual dos dois cursos seria uma opção mais “certa”? Qual faculdade você recomendaria?
Enviado por Bianca

As carreiras ligadas a artes dependem do reconhecimento da sociedade da importância do desenvolvimento da cultura. O Brasil avançou nas últimas décadas nesse sentido, mas há muito ainda a percorrer. Por outro lado, a formação nestas duas carreiras é bem diversificada, passando pela experiência prática direta, cursos livres (não inseridos no sistema de educação), conservatórios, cursos técnicos e bacharelados.

>> Teste: Será que devo escolher meu curso por hobby?

Os caminhos para a formação do ator passam pelo desenvolvimento de técnicas de expressão corporal, de colocação da voz, observação comportamental, conhecimento da história da dramaturgia, entre outros elementos. Uma consulta à biografia de atores conhecidos pode lhe dar algumas indicações. Faça também uma pesquisa das opções que existem em sua região (via sites de procura). Por exemplo, a USP oferece o curso de formação de atores na Escola de Artes Dramáticas; apesar de estar ligado à Universidade, tem natureza de curso técnico.

>> Teste: Artes Cênicas é o curso certo?

Os bacharelados são em geral denominados Artes Cênicas e desenvolvem também conhecimentos ligados a direção e aspectos técnicos como cenografia, figurino, iluminação. A realização de cursos livres e oficinas rápidas podem lhe oferecer a chance de verificar a extensão de seu interesse. Há cursos muito conceituados, em geral desenvolvidos por diretores e/ou atores experientes.

O bacharelado em Música forma instrumentistas, compositores e regentes e tem duração de quatro anos para canto, instrumento e licenciatura, e seis anos para composição e regência. Tradicionalmente o curso é voltado para o estudo da música erudita, mas há algumas faculdades que também se voltam à musica popular. Há opções menos tradicionais, como a Universidade Livre de Música Tom Jobim, em São Paulo.

Não há como apontar qual a opção “mais certa”; é você quem precisa pesquisar e avaliar os riscos que pode e pretende correr, presentes em qualquer escolha profissional. Investigue as opções de cursos, procure matérias que comentem o cenário das Artes Cênicas e da Música no Brasil. Procure também visitar cursos e faculdades das duas áreas, entrevistar professores a alunos.