logo-ge

Qual tem menos matérias de Exatas: Engenharia ou Arquitetura?

Você pergunta, nossos orientadores respondem

Acabei de passar em Engenharia Civil na Uff, mas acho que passo para Arquitetura também. Meus pais querem que eu faça Engenharia por causa do prestígio e eles acreditam que o mercado de trabalho é mais “fácil”. Eu queria trabalhar mais voltada para o Design de Interiores, por isso pensei primeiro na Arquitetura, por causa da questão estética. Eu não gosto de Química e Física, então estava tendendo para Arquitetura também por causa disso. Mas a questão do mercado de trabalho me fez voltar para Engenharia, e acredito que consiga trabalhar com Design de Interiores fazendo Engenharia.

Bom, eu estou perdida e nervosa e com medo (igual a todo mundo). Não consigo encontrar informações sobre o mercado de trabalho comparando as duas profissões e não sei o que fazer. Será que a Engenharia está tão distante da estética quanto eu penso? Será que é realmente mergulhada em Química e Física como eu temo? Será que eu consigo me sustentar com arquitetura?

Laysa Coriolano

Por JULIANA RISSARDI, sócia-consultora da People & Results 

Olá, Laysa!

Parabéns pela aprovação no vestibular! Tanto no curso de Engenharia Civil quanto no curso de Arquitetura e Urbanismo existe uma carga de disciplinas da área de Exatas e Humanas. Química e Física não seriam as áreas de grande aprofundamento. Matemática, cálculos, métodos são muito mais.

Os dois cursos têm muitas similaridades e diferenças entre si. Recomendo que você assista a uma semana de aulas de cada curso para verificar o que te brilha mais os olhos. Como você mesmo sabe o arquiteto e o engenheiro podem trabalhar em conjunto na construção civil, por exemplo.

Porém, considere que: se você é mais criativa, expansiva, estética e inovadora, Arquitetura seja mais seu perfil. Já se você é mais analítica, racional, matemática, vá para Engenharia. Esse pode ser um bom ponto de partida para você entender o que pode parecer mais com você.

O que é importante? Que você siga aquilo que gosta. Entendo que você não quer desapontar seus pais, porém quando fazemos aquilo que gostamos temos mais chances de nos destacar na carreira e encontrar oportunidades de atuação. Isso vai depender de seu talento, determinação e foco.

Boa sorte!

Envie suas dúvidas para nosso canal de Orientação Profissional

People & Results

Empresas são feitas de profissionais. São eles que constroem, transformam e perpetuam a cultura corporativa. Quando colocadas em posições que exigem aquilo que cada um tem de melhor, alcançam desempenho superior, são mais felizes. Portanto, cuidar da cultura da empresa e da carreira é peça fundamental na gestão de pessoas e para o sucesso nos negócios. Em suma, pessoas e resultados são o nosso negócio.
(A consultoria, especializada em carreira e cultura organizacional, responderá periodicamente as dúvidas dos leitores do GE).