Clique e assine GE Play por R$16,90

Quem se forma em Relações Internacionais pode ser Jornalista?

Orientador profissional esclarece

Por Redação - Atualizado em 16 Maio 2017, 13h57 - Publicado em 28 ago 2012, 15h57

Gostaria de saber se um profissional de Relações Internacionais poderia ser um jornalista internacional
Enviado por Felipe Barreto

A formação em Relações Internacionais contempla conhecimentos ligados às ciências humanas nos campos do direito, economia, militar, sociologia e antropologia. Sua atuação volta-se para a análise, planejamento e condução de negociações estratégicas entre empresas e instituições de diferentes países.

 

Esta formação é pertinente para quem pretende ser correspondente estrangeiro ou analista de temas internacionais. No entanto, o curso de Jornalismo promove o desenvolvimento de conhecimentos e técnicas de redação, de construção de textos jornalísticos, a compreensão da natureza e dos mecanismos das diferentes mídias (jornais, televisão, internet, etc), estratégias de condução de investigações jornalísticas, entre outros.

Cabe ainda apontar algumas reflexões: um elemento tão importante quanto o curso de graduação para a conquista dos objetivos profissionais é a própria construção da carreira. Neste caso, para que você consiga se tornar correspondente estrangeiro ou analista internacional, são necessários alguns anos de prática jornalística em que você possa se destacar, o que a formação em Relações Internacionais pode não garantir. Outro caminho seria uma especialização em determinado tema ou país, de forma a que você possa se tornar uma referência procurada pelos meios de comunicação.

Avalie qual é o seu interesse central – Jornalismo ou Relações Internacionais – e entreviste profissionais de mídia para maiores detalhes.

Leia mais:
 – Você está seguro de que Jornalismo é mesmo seu futuro?
 – Relações Internacionais é o curso que eu quero?
 – Qual é o meu nível de inglês: básico, intermediário ou avançado?

Continua após a publicidade
Publicidade