logo-ge

Não sou boa em exatas. Posso me dar bem no curso de Química?

Orientador profissional esclarece

Tenho vontade de trabalhar em laboratório analisando produtos. Só que não sou muito boa em matemática, e em física sou péssima. Será que poderei me dar bem com o curso de Química?
Enviado por Marcia Regina

As tarefas laboratoriais exigem controles e rigor metodológico bastante apoiados em modelos matemáticos; esta é a base do que se chama “análise quantitativa”, que sustentam as conclusões e efeitos que derivam destas análises.

O bacharelado em Química contém, portanto conteúdos ligados a cálculo, bem como às propriedades físico-químicas das substâncias (densidade, trocas de calor, viscosidade, etc). É importante que você conheça a grade curricular do curso e identifique os conteúdos das matérias. Considere que suas dificuldades quanto a física e matemática podem ser superadas por meio de dedicação intensiva aos estudos, grupos de estudo e orientações dos professores, desde que seu objetivo seja motivador o suficiente.

Considere também que a análise e desenvolvimento de produtos por meio de experimentos e processos que envolvam atividades em laboratórios estão presentes em vários ramos do conhecimento. Desenvolvimento de medicamentos e cosméticos, análise de estrutura de materiais metálicos, da composição de solos, engenharia genética, análises clínicas de tecidos e substâncias orgânicas, são apenas algumas das possibilidades.

Nesse sentido, “trabalhar em laboratórios” não é uma exclusividade de químicos, mas pode ser também uma atividade rotineira e central de biólogos, médicos, biomédicos, farmacêuticos, físicos, engenheiros, biotecnólogos, entre outros.

As oportunidades de envolvimento mais direto com o tema surgem ao longo do curso de graduação, por meio de estágios, disciplinas optativas escolhidas, envolvimento em projetos de iniciação científica na Universidade, além de existirem cursos de pós-graduação dirigidos a quem tem interesse pela área. Pesquise as profissões citadas acima, avalie as grades curriculares e sua disposição para enfrentar os desafios a enfrentar.