logo-ge

Recursos Humanos e Terapia Ocupacional combinam?

Orientador profissional esclarece

Olá! Há algum tenho eu me interesso pela área de Terapia Ocupacional. No entanto, ultimamente tenho me interessado pela área de recursos humanos também. Gostaria de saber se as duas áreas podem se relacionar e se é possível trabalhar com as duas carreiras ao mesmo tempo.
Enviado por Karina M. Silva

Cada empresa organiza o setor de recursos humanos de forma a atender suas necessidades. Profissionais como administradores, tecnólogos em R.H., psicólogos, assistentes sociais, relações públicas e pedagogos são os mais frequentemente encontrados conduzindo as ações deste setor. Outros profissionais também podem ocupar funções nesta área como engenheiros e advogados.

A área de recursos humanos é a responsável pela administração e o desenvolvimento dos colaboradores de uma empresa. Ela determina atividades como seleção de novos colaboradores para vagas em aberto, acompanhamento funcional (promovendo avaliações de desempenho, indicando pontos fortes e pontos que precisam ser melhorados). Organiza também ações educacionais corporativas para a melhoria da força de trabalho, apóia colaboradores em eventuais dificuldades em sua vida extra-organizacional. Administra a carteira de benefícios (plano de saúde, auxílio doença, auxílio alimentação). Ela também é responsável para construção e administração do plano de cargos e salários, bem como se ocupa do controle da folha de pagamento, entre outras atividades.

A ampliação da consciência sobre a necessidade da inclusão social de pessoas com necessidades especiais, bem como a recuperação de trabalhadores vítimas de lesões físicas e/ou de distúrbios psíquicos podem indicar a possibilidade de contratação do terapeuta ocupacional em empresas. No entanto, mesmo nestes casos, o mais comum é a empresa contrate os serviços de uma clínica especializada. Como o amparo a pessoas com necessidades específicas de saúde não é a atividade fim da empresa, dificilmente ela contará com este profissional em seus quadros.

O trabalho do terapeuta ocupacional é prioritariamente clínico e é desenvolvido em clínicas, hospitais, centros de reabilitação, asilos, instituições geriátricas e psiquiátricas.

A síntese buscada por você não é a mais indicada, portanto. Você pode escolher uma das profissões, bem como pesquisar outras profissões da área da saúde ou dirigidas ao cuidado das pessoas que encontram maior espaço em empresas, como Psicologia, Medicina e Serviço Social.

Há ainda a alternativa de realizar a graduação em uma das opções e complementá-la com cursos de extensão e pós-graduação referentes a temas da outra. Posteriormente você poderá enveredar quanto à abertura de novos campos de pesquisa e trabalho, como em ONG’s.

VEJA TAMBÉM

– Faça o teste e veja se Terapia Ocupacional é para você