logo-ge

Relações Públicas ou Relações Internacionais?

Orientador profissional esclarece

Já morei sete anos na Inglaterra, falo inglês fluente, gosto de comunicação, justiça, política, cultura de povos e religiões. Sou persistente, me relaciono bem com todos, gosto de conversar e analisar situações. Porém sou teimosa e odeio matemática, física e química. Qual a melhor opção, Relações Públicas ou Relações Internacionais?
Enviado por Carla Moreira

De fato, sua proficiência na língua inglesa é um elemento importante para as duas carreiras, bem como os demais atributos que você declara. O profissional de Relações Internacionais tem ampla formação humanística, com conteúdos ligados às ciências sociais e políticas, ao direito e à economia.

Ele opera negociações em diversos âmbitos (comercial, cultural, militar) entre empresas, agências governamentais e outras instituições. Exige, portanto, o desenvolvimento de vasta cultura geral e habilidades para mediar conflitos e negociar interesses, respeitando culturas e interesses diferentes.

Já a carreira de Relações Públicas está ligada à área de comunicação social. Este profissional é o representante de empresas, pessoas, ONGs e órgãos governamentais. Ele é o responsável pela imagem institucional, atuando tanto internamente (junto aos interesses das instituições) como externamente (junto a outras instituições e ao público) em atividades como ouvidoria, promoção de eventos, atendimento a clientes, orientação sobre aspectos culturais do público-alvo e pesquisa de opinião.

A intensificação das relações internacionais e empresariais tem revertido na expansão do mercado de trabalho de ambas as profissões. O Guia de Profissões do site apresenta boas descrições destas profissões; consulte-as para mais detalhes.