Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Será que posso ser um engenheiro civil?

Orientador profissional esclarece

Por Redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h42 - Publicado em 13 abr 2011, 16h43

Gosto muito de exatas e acho que me identifico bastante com Engenharia Civil. Mas, não sei se me enquadraria muito bem nessa profissão por causa dos meus interesses pessoas, pois gosto de esportes, de tatuagens e de ouvir rock. Será que mesmo assim eu vou me dar bem como engenheiro?
Enviado por Leonardo Carvalho

Durante nossa vida desenvolvemos vários interesses. Nem todos estarão diretamente ligados ao exercício de nossa futura profissão. Há médicos que têm bandas de rock ou pintam quadros, ou advogados que não dispensam os jogos de tênis e até nutricionistas que colecionam livros sobre arqueologia. Ou seja, podemos ter muitos gostos que não estão ligadas a nossa profissão.

Somos seres multifacetados. Nossos interesses mudam ao longo do tempo, com as experiências com que temos contato. A maior dificuldade da escolha de uma carreira talvez seja esta: a de “perder” a oportunidade de desenvolver na vida profissional determinados interesses da vida pessoal em função do que escolhemos.

Por isso, antes de definir que profissão seguir, tente refletir sobre outros elementos, tais como o estilo de vida que quer ter, padrão econômico que almeja, em que ambiente de trabalho quer desenvolver suas atividades, que tipo de relações quer manter com os outros e que contribuições à sociedade deseja apresentar com o trabalho que vai desenvolver.

Para ajudar, você pode começar imaginando-se daqui a 10 ou 15 anos dentro da profissão de Engenharia Civil e tente descrever o que vê em função das suas escolhas. Boa sorte!

 

Leia mais:
– Será que eu levo jeito para a Engenharia Civil?
– Saiba mais sobre o dia a dia de um engenheiro civil com o programa Na Real


– Estou pronto para entrar no mercado de trabalho de Engenharia Civil?

Continua após a publicidade
Publicidade