logo-ge

“Sou formada em Jornalismo, mas quero mudar de área”

Você pergunta, nossos especialistas respondem

Boa tarde. Acabei de me formar em Jornalismo, e queria mudar para alguma área mais voltada para empresas (estou pensando em Administração ou Ciências Contábeis). Meus pais não concordam com a minha escolha e isso faz com que eu não consiga mudar de área. O que devo fazer?

Patricia Affiune Barbosa de Olio

Por JULIANA RISSARDI, sócia-consultora da People & Results

Olá, Patricia, tudo bem?

Se conhecer mais é o primeiro passo. Entender quais são suas características pessoais mais importantes pode explicar o porquê da sua vontade de fazer uma nova formação. Podemos ter três hipóteses aí: se foi uma decepção com o curso de Jornalismo, se você fez somente para agradar a seus pais ou se você ainda não conhece as áreas do Jornalismo a fundo.

É muito comum querermos fazer algo que agrade a nossos pais sem pensar exatamente o que queremos do futuro. Ou até fazer aquela faculdade mais fácil sem conhecer as possibilidades de atuação.

Minha dica é que você, agora, antes de tomar qualquer decisão, ainda reflita sobre:

  • O que realmente te agradou durante os temas da faculdade?
  • Por que você quis fazer essa faculdade?
  • O que realmente faz você desgostar da profissão de jornalista?
  • Será que já você já testou tudo da área para dizer que precisa de uma outra faculdade para trabalhar com negócios?

As respostas podem te mostrar o que ajustar para seguir na profissão ou confirmar sua suspeita de que é preciso mudar.

Além disso, faça uma lista de seus sonhos profissionais para daqui a cinco anos e do que é importante para você como profissão. Assim você poderá ver se esses sonhos poderão ser realizados atuando em sua própria formação ou se realmente há necessidade de uma segunda faculdade.

Envie suas dúvidas para nosso canal de Orientação Profissional

People & Results

Empresas são feitas de profissionais. São eles que constroem, transformam e perpetuam a cultura corporativa. Quando colocadas em posições que exigem aquilo que cada um tem de melhor, alcançam desempenho superior, são mais felizes. Portanto, cuidar da cultura da empresa e da carreira é peça fundamental na gestão de pessoas e para o sucesso nos negócios. Em suma, pessoas e resultados são o nosso negócio.
(A consultoria, especializada em carreira e cultura organizacional, responderá periodicamente as dúvidas dos leitores do GE).