Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Tecnólogo em RH ou Administração?

Orientador profissional esclarece

Por Redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h26 - Publicado em 1 out 2009, 20h00

Estou em dúvida em qual curso escolher. Dizem que Administração tem muita matemática e eu sinceramente não sou boa, e RH é mais técnico … Gostaria de receber dicas de qual escolher ou de mais algumas profissões parecidas. Obrigada!
Enviado por Emely Ferreira

Existem diversas formas de agrupar as profissões. Por exemplo, no Guia do Estudante de 2010 o curso de administração encontra-se no grupo “administração e negócios” e tem como “companheiras” ciências contábeis, economia, marketing, negócios imobiliários, turismo e gestão de turismo e comércio exterior, entre outras.

Outra forma de organização incluiria engenharia de produção, produção cultural, produção editorial e bacharelado em rádio e TV, entre outras. O que as aproxima é o interesse pela gestão, pela organização dos processos de trabalho, bem como a análise de tendências políticas e econômicas para a tomada de decisões quanto aos rumos de um negócio ou empresa.

Como você vê, o universo de opções é amplo e contempla possibilidades de aproximação quanto a diversos interesses: desde o controle contábil de tributos e fluxo de caixa de uma empresa, à melhor maneira de produzir um bem cultural. Comece consultando os guias de profissões e investigando sua história de vida e seus interesses. Pode parecer que administração de empresas é uma profissão bem ampla, que contempla todos os interesses, mas isto é uma ilusão. Procure fazer uma escolha mais precisa.

Suas dificuldades em matemática poderão ser ultrapassadas se você considerar que vale a pena o desafio. Como na criação artística, uma carreira é desenvolvida com “10% de inspiração e 90% de transpiração”.

Busque também compreender melhor o que diferencia um bacharelado – como é o curso de administração – de um curso de tecnologia. Como uma primeira dica, entenda que os curso tecnológicos são dirigidos a necessidades específicas de uma área de trabalho, sendo menos abrangentes que os bacharelados; eles podem garantir uma boa carreira também, mas com menor mobilidade – isto é, com menores possibilidades de mudança ao longo da carreira.

Continua após a publicidade
Publicidade