logo-ge

Vale a pena fazer uma segunda graduação?

Orientador profissional esclarece

Sou formada em Publicidade e Propaganda, mas não me identifiquei muito com a área. Penso em fazer outra graduação, mas já tenho 28 anos, não me considero nova para o mercado e tenho medo de ser prejudicada por isso, não conseguir me inserir no mercadão de trabalho. Vale a pena arriscar e fazer um segundo curso?
Enviado por Patricia Martins

Você fez estágios em Publicidade já? De fato, investigou todas as possibilidades de atuação em seu campo de trabalho? Quando você diz que não se “identificou muito” é possível entender que também se identificou “em parte” com o que aprendeu?

 

O primeiro passo é avaliar bem se de fato seu futuro não está relacionado ao curso em que você se graduou. Vários fatores – que você pode melhor identificar que nós – concorreram para que você escolhesse e, principalmente, concluísse seu curso.

A maioria das pessoas que mudam seus projetos profissionais o faz nos primeiros anos de faculdade. Dificuldades sempre há no começo de qualquer carreira – enfrentá-las faz parte do projeto de vida que traçamos. Considere também que o risco continuará a existir em uma nova opção, como em qualquer escolha que fazemos.

A construção de nossas careiras profissionais depende de vários fatores, como a capacitação que temos, as oportunidades oferecidas pelo mercado de trabalho, as condições impostas pela economia do país, o apoio que recebemos de pessoas com quem convivemos, entre outras. Temos maior ou menor “governabilidade”, controle, sobre tais fatores.

Feita tal avaliação, experimentadas as alternativas, talvez a pergunta persista. Nossa resposta a isso é que a escolha profissional deve estar baseada em informação e reflexão sólidas, mas também é um ato de coragem, é assumir riscos, acreditar e investir em um projeto.

Leia mais:
– Será que Publicidade é o curso ideal? Faça o teste!

– O que você quer da vida?

– Adoro fotografia. Devo fazer jornalismo ou publicidade?