logo-ge

Vale mais a pena fazer Contabilidade ou Direito?

Orientador profissional esclarece

Olá, tenho 17 anos e estou terminando o ensino médio. Em uma conversa familiar surgiu a dúvida: Direito ou Ciências Contábeis? Sempre quis ser contadora, mas minha irmã disse que tenho perfil de advogada. E agora, qual é o melhor, mais rentável e com mais espaço no mercado?
Enviado por Ana Paula de Oliveira

Desde há cerca de quinze anos houve um grande aumento de oferta de vagas em universidades na área de Ciências Jurídicas (direito). Porém tanto a avaliação dos órgãos federais (MEC e INEP) como da Ordem dos Advogados do Brasil indica que boa parte dos cursos não garantem uma formação de qualidade. Como indicador, observe que em média 20% a 30% (dependendo da região do país) dos candidatos ao exame da Ordem dos Advogados (cuja aprovação é necessária para o exercício da advocacia) são aprovados anualmente. Mas há faculdades que chegam a índices muito elevados de aprovação.

– Saiba tudo sobre o curso de Ciências Contábeis

– Veja mais informações sobre a carreira de Direito

 

A grande quantidade de formados diminuí as chances do exercício profissional confortável e acirra a concorrência por melhor remuneração. A realização de formação em cursos de qualidade (que podem ser identificados entre outras coisas pelos índices de aprovação no exame da Ordem dos advogados do Brasil), a realização de estágios e a realização de cursos de especialização aumentam as chances de sucesso profissional. A remuneração portanto é muito variável; advogados “seniores” (como grande experiência) com boa “carteira de clientes” podem ganhar muito dinheiro, sem referência média, uma vez que uma causa apenas pode-lhe render centenas de milhares de reais (mas estes são casos de exceção).

Segundo a pesquisa datafolha de outubro deste ano feita junto a 130 empresas de médio e grande porte da região metropolitana de São Paulo, os salários de advogados juniores e plenos eram em média de aproximadamente R$ 3.900,00 e R$ 6.500,00 respectivamente. Para pesquisas em todas as regiões do Brasil, consulte o site http://www.salariometro.sp.gov.br.

Há opções na carreira jurídica (promotoria, defensoria pública, magistratura,) e ainda na polícia civil (o delegado de polícia deve ser bacharel em ciências jurídicas). Nestes casos, o ingresso nas vagas ocorre por concurso público.

Quanto a ciências contábeis, segundo o Conselho Federal de Contabilidade há mais de 400 mil profissionais registrados o Brasil, incluindo-se os de formação técnica (de nível médio) e os bacharéis (graduados em faculdades). Apesar do grande número de profissionais, há carência de mão de obra especializada, principalmente nas regiões sul e sudeste segundo o Guia do Estudante. Os melhores salários estão nas médias e pequenas empresas. O setor público (órgãos e empresas governamentais) tem suas vagas para o contador. A maior parte dos profissionais, no entanto, está em escritórios de contabilidade, auditoria e controladoria, pois toda empresa precisa de um contador responsável pelo controle de suas contas, registro de seus negócios, recolhimento de impostos. Tais escritórios prestam assessoria a empresas de todos os portes, inclusive micro-empresas e profissionais autônomos.

Segundo a pesquisa datafolha acima citada, o salário médio do contador era de cerca de R$ 6.000,00 na região metropolitana de São Paulo. Segundo dados do Ministério do trabalho e Emprego, nos últimos 6 meses foram contratados no Brasil 12.961 contadores com salário médio de R$ 2.911,00.

A remuneração de prestadores de serviço em escritório próprios varia em função do número e do porte de seus clientes.

Leia mais:
– Ciências Contábeis é o curso certo para você?
– Você sabe estudar em casa?
– Direito é mesmo o que eu quero?