logo-ge

7 dicas de planejamento de carreira para o ano novo

Saiba como refletir e planejar sua carreira para 2017 com as resoluções de fim de ano

Planejando a carreira

O dia 31 de dezembro se aproxima e, com ele, um novo ciclo. Para a maioria das pessoas, é época de renovar as promessas, definir metas e objetivos e aspirar ares de renovação – tanto na vida pessoal quanto na profissional.

Pensando nesse momento, a consultora e professora da Fundação Getúlio Vargas (FGV) Carla Weisz elaborou sete dicas para refletir e planejar sua carreira em 2017 durante as comemorações de ano novo.

1. Análise

Reflita sobre o que precisa ser diferente em 2017. O que levamos para o ano? O que deixamos em 2016?

2. Lista

Faça uma lista sobre as conquistas do ano, para comemorar também o lado bom da vida. Nosso cérebro precisa disso. Liste suas realizações e de que forma você contribuiu para atingir seus sonhos. Não deixe de colocar no papel também seus objetivos para o próximo ano e o que você vai fazer para atingi-los.

3. Positividade

Afaste os pensamentos negativos e comece a nutrir somente pensamentos positivos. O corpo é palco da mente. Seus pensamentos te levam a agir e suas ações te levam aos resultados.

4. Foco

Hoje as mídias sociais trazem muitas distrações, e riqueza de informação cria pobreza de atenção. Para driblar isso, quando for fazer algo que precisa da sua atenção, desligue o celular ou coloque no modo avião, ou em outro ambiente para não tirar sua atenção. Quando perceber que está “viajando”, volte sua atenção para o que precisa realizar. Pensar profundamente exige manter a mente focada. Quanto mais distraídos estamos, mais superficiais são nossas reflexões.

Se você está com dificuldade de foco, o antídoto é o mesmo que para cansaço físico: descansar. Na maioria das vezes isso costuma resolver. E lembre-se, as emoções dirigem a nossa atenção, e a atenção foge do que é desagradável.

5. Autoconsciência

Dedique tempo para refletir sobre por que você faz o que faz e por que fez o que fez em 2016. Autoconsciência é a bússola interna que nos guia, nossa “vozinha” interior que nos sintoniza com nossos desejos e ações através da jornada da vida.

6. Motivação

Se você não tem vontade de ir trabalhar, a primeira reflexão que você deve fazer é: o que está faltando? Ou: do que você realmente gosta? A resposta está no seu mundo interior e não no exterior. É muito difícil realizar um objetivo se não conseguimos nos mover ao encontro dele. E a motivação para isso está dentro de nós.

Mas, se sabemos o que nos motiva, podemos fazer escolhas mais conscientes para orientar a nossa vida e nos colocar a maior parte do tempo na jornada de construção de uma vida com significado.

7. Basta!

Algumas pessoas se comportam como se fossem obrigados a estar onde estão, na empresa em que estão, com chefe ruim. Tenha certeza que você só vive a vida que escolheu viver. De forma consciente, ou inconsciente, é você quem faz suas escolhas.

Neste novo ano, você pode dizer “chega” para tudo de ruim que aconteceu em 2016 na sua vida. Chega de ser infeliz, chega de chefe ruim, chega de resultados medíocres, chega de trabalho ruim, chega de relacionamentos ruins, chega de vida ruim. Com clareza de seus objetivos de vida, você pode traçar um plano para ter a vida que deseja viver. Coloque sua intenção para o universo e seu plano no papel.