logo-ge

Governo oferecerá primeira especialização em parceria com a ONU

Curso Justiça Social, Criminalidade e Direitos Humanos tem início previsto para o segundo semestre de 2018

O Tribunal de Contas da União (TCU), em conjunto com o Senado Federal, a Câmara dos Deputados e o Instituto Latino-Americano da Organização das Nações Unidas para a Prevenção do Delito e Tratamento do Delinquente (Ilanud), irá promover a primeira especialização em Justiça Social, Criminalidade e Direitos Humanos.  O curso tem início previsto para o segundo semestre de 2018.

Mantenha a coluna reta

A criação do curso foi firmada em protocolo de intenções assinado no inicio de setembro, como primeiro passo nas tratativas para a criação da terceira Universidade Mundial de Segurança e Desenvolvimento Social das Nações Unidas, que será a primeira no Brasil. A previsão é ter uma sede em Brasília, onde funcionará a reitoria, e outras unidades regionais para oferecer os cursos.

A pós-graduação lato sensu será realizada pelas escolas de governo das duas casas legislativas — Instituto Legislativo Brasileiro (ILB), do Senado Federal, e Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento (Cefor), da Câmara dos Deputados — e do Tribunal,  Instituto Serzedello Corrêa — , em parceria com o Ilanud. O curso será realizado na sede do ISC, em Brasília, a Escola Superior do TCU e será destinado a servidores da administração pública em geral, especialmente, aos que trabalham na área de segurança pública.

As disciplinas vão abordar temas como segurança humana, política criminal, lavagem de dinheiro, crimes cibernéticos, violência nas cidades, sistema penal, discriminação social, tráfico transnacional, meio ambiente e direitos humanos e crime organizado, entre outros.  Os temas integram as discussões da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, elaborada pela ONU.

Mais informações sobre o curso serão divulgadas no site do Senado Federal.

Os candidatos terão de ser graduados e ter conhecimento nas línguas inglesa e espanhola, já que algumas aulas serão ministradas por especialistas estrangeiros.