logo-ge

Museu Paraense Emílio Goeldi abre seleção para pós-graduação

Instituição possui parceria com universidades do estado do Pará. São dez vagas para mestrado e dez para doutorado em Biodiversidade e Evolução

O Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG) acaba de lançar o edital de seleção para o recém-criado curso de pós-graduação “Biodiversidade e Evolução”. São dez vagas para mestrado e dez para doutorado.

O objetivo do curso é formar pesquisadores para atuar no desenvolvimento de pesquisas autônomas e originais, ampliando o conhecimento sobre a biodiversidade da Amazônia, incluindo a compreensão de sua dimensão evolutiva, das dinâmicas atuais e o desenvolvimento de estratégias para sua conservação.

Os candidatos devem ser graduados nas áreas de Ciências Biológicas, como Biologia, Agronomia, Ciências Ambientais, Zootecnia ou afins, e ter uma proposta de pesquisa para tese ou dissertação relacionada à biodiversidade.
As aulas do curso iniciam em setembro de 2015. A duração máxima para mestrado é de dois anos (24 meses) e quatro anos (48 meses) para doutorado.

As inscrições devem ser feitas até o dia 31 de julho pelo e-mail ppgbe@museu-goeldi.br.

Os cursos de pós-graduação do MPEG são realizados em convênio com a Universidade Federal do Pará, Universidade Federal Rural da Amazônia e Embrapa Amazônia Oriental. Além do curso de Biodiversidade e Evolução, há os cursos de Ciências Ambientais, Botânica, Zoologia e Ciências Sociais.

Para saber mais sobre o curso e ter acesso aos editais, clique aqui.

LEIA MAIS

Notícias de pós-graduação