logo-ge

Arquivologia

O arquivista é o profissional responsável por identificar, organizar, avaliar, preservar e restaurar documentos

O bacharel formado em Arquivologia, também chamado arquivista, é responsável pela gestão, preservação e restauração de documentos, fotos, filmes, textos históricos ou outros registros, como cadernos comerciais, microfilmes, mídias digitais ou mesmo bancos de dados online. Cuida ainda de objetos, como máquinas, roupas, móveis ou peças de uma coleção qualquer, seja ela de um museu ou particular.

Em empresas, públicas ou privadas, organiza documentos e torna acessíveis as informações úteis para funcionários, colaboradores e clientes. Pode também trabalhar em órgãos do governo, escolas, associações, grupos artísticos, instituições de saúde e ONGs, gerenciando ou tocando departamentos e projetos de preservação da memória.

O profissional precisa ter sólida formação cultural para saber avaliar a relevância dos documentos e objetos que manipula e bom conhecimento histórico, já que trabalha com peças e registros de diferentes épocas. Precisa dominar técnicas tradicionais de preservação e ferramentas tecnológicas que auxiliam na organização e no fluxo de documentos, peças e informações. Costuma atuar em equipes  multiprofissionais e interagir com outros profissionais, como biblioteconomistas e analistas de sistemas.

O que você pode fazer

Conservação e restauração Determinar as condições ideais de armazenamento e outras medidas necessárias para prevenir a deterioração de peças e documentos antigos. Recuperar os que já apresentem algum dano.

Consultoria Orientar empresas, organizações e até pessoas físicas sobre como organizar um acervo ou coleção. Ensinar como reunir e catalogar material relevante, determinar o valor e relevância de cada item, estabelecer o que precisa ser restaurado. Cuidar da catalogação desses acervos.

Difusão educativa e cultural Orientar o público na consulta e no manuseio de documentos e objetos de um acervo. Facilitar o acesso das pessoas à informação e divulgar o conteúdo de museus ou centros de memória, por exemplo.

Documentação eletrônica Criar banco de dados, fazer microfilmagem e digitalização.

Gestão de conteúdo Avaliar as informações e os documentos, decidindo por seu arquivamento ou destruição.

Racionalização de documentos e transcrição de arquivos Classificar e organizar documentos, a fim de agilizar sua localização e seu uso.

Mercado de Trabalho

A legislação obriga prefeituras, governos estaduais e a Presidência da República, bem como ministérios e órgãos municipais e estaduais, a preservar um número cada vez maior de documentos e dados, garantindo um ótimo campo de trabalho para o arquivista. Por isso, as melhores oportunidades estão no setor público.

O Arquivo Nacional, órgão federal responsável pela gestão do patrimônio documental do país, e os arquivos estaduais são empregadores clássico. Mas o bacharel também é requisitado para atuar em empresas privadas, institutos de pesquisa e fundações, como contratado ou prestador de serviço.

A busca das empresas por certificações de qualidade, como a ISO 9001, aumenta a demanda por profissionais capazes de fazer a gestão de dados e registros, já que a organização de documentos é uma das exigências desses processos de certificação.

Muitas empresas usam o serviço do arquivista em centros de memória ou museus corporativos. Na organização de arquivos digitais mais complexos, o graduado pode trabalhar em parceria com um profissional de Banco de Dados, mas precisa sempre estar atualizado em relação a novas tecnologias e formatos digitais.

Curso

O currículo tem grande carga na área de Humanas, mas não prescinde da informática e das ciências. Além de disciplinas básicas, como história, teoria da administração e estatística, o aluno cursa matérias específicas, como descrição documental, projeto e implantação de sistemas de arquivo, cinema documental e paleografa (estudo das escritas antigas).

Em laboratório, aprende técnicas de classificação, higienização, preservação, restauração e guarda de documentos e objetos. Toma contato com ferramentas digitais que auxiliam no gerenciamento de arquivos. O estágio curricular é obrigatório para obtenção do diploma. Algumas escolas também exigem a entrega de um trabalho de conclusão.

Duração média: 4 anos.

 

Legenda:

Estrelas da Avaliação do Guia do Estudante

★★★★★ - Excelente

★★★★ – Muito bom

★★★ - Bom

CPC – Conceito Preliminar de Curso ① ② ③ ④ ⑤ 

O CPC é o indicador do Ministério da Educação que mede a qualidade dos cursos. Ele varia de 1 (menor valor) a 5 (maior valor). Ele está informado na ficha do curso para todas as graduações que tinham esse indicador disponível (fonte: site do Inep, anos 2014, 2013 e 2012). 

Cifrões – Referem-se às faixas de preço da mensalidade:

$ - Até 500,00 reais

$$ - De 500,01 a 750,00 reais

$$$ - De 750,01 reais a 1.000,00 reais

$$$$ - De 1.000,01 a 1.500,00 reais

$$$$$ - Acima de 1.500,01 reais

n/i - Valor não informado